Blue Eyes

Blue Eyes

quarta-feira, 26 de julho de 2017

As nossas línguas enrolaram-se

Sempre tive admiração por mulheres, era uma festa, em dado momento, vejo uma loira, linda, atraente, muito bonita. 
A vontade do toque feminino dentro de mim era alto.
Comecei a observá-la com atenção, não tirei os olhos dela. 
Percebeu o meu interesse, sem tirar os olhos daquela mulher. 
Dentro de mim ia um turbilhão de sentimentos. 
O meu corpo já não mais existia.
Um fluído de calor e nervosismo subia na minha cabeça. 
Queria beija-la, sentir os dedos dela.
E por fim os seios.
Ela abraçou-me de repente, com as suas mãos pegou na minha cabeça, olhou-me nos olhos e deu-me um beijo na boca.
As nossas línguas enrolaram-se num beijo molhado que não acabava mais, nem eu queria. Sentia-me a pairar no céu, e aquela boca era tão doce, tão meiga!
Começou a beijar-me os mamilos! 
Eu ia ficando cada vez mais louca e as minhas mãos pousaram na cabeça dela e depois foram acariciar os seios, que eram perfeitos.
Possuiu-me com a aquela língua doida. Beijei-a toda e mergulhei a minha língua nela.
Amo a minha bissexualidade.

segunda-feira, 10 de julho de 2017

Loucuras e Desejos

Com um sorriso nos lábios, de satisfação da maravilhosa experiência.
Exploramos ao máximo as possibilidades de satisfazer as nossas loucuras, os nossos desejos.
Cheiro de sexo.
Cheiro de suor e de rabo.
Cheiro de ratas suadas e excitadas.
Hummm cheiro de rego molhado.
Sexo tântrico.
Estímulos sensoriais...
Sexo.
Sexo.
Sexo.
Um sexo monumental.
Simples assim.


Magnífico.

Lingerie Night

De forma mais tímida...
Outras mais ousadas e aquelas que perdem a linha e até caem na vulgaridade. Percebe-se bem a diferença de mulher para mulher, aquela que sabe ser sexy e ousada mas sem perder a classe e outras que descambam de vez e perdem totalmente a sensualidade.
Uma mulher de lingerie é algo para ser admirado.
A exibição das lingeries é quase que um jogo de sedução, de hipnose que acaba por nos levar inconscientemente a nos apaixonar por aquelas mulheres. 

sábado, 27 de maio de 2017

Please! Mrs...

Please Cum In My Mouth

Entrar e Sair

Vou confidenciar-te uma coisa…
Há dias em que me apetece foder contigo como um animal.
Sem pensar, calcular ou ponderar o que quer que seja.
Entrar e sair sem parar desse teu corpo frágil e delicado.

Estremecer

Ainda com ela de quatro...
Agarrei-lhe nas mãos com que se apoiava e segurei-a pelos braços, como se de duas cordas se tratassem, ao mesmo tempo que a penetrava com uma força destruidora.
O cabelo balançava-lhe em câmara lenta, a cama chorava por todas as juntas, os gemidos estremeciam as janelas e eu vim-me, por fim e euforicamente, nas costas dela.

O que é que tu queres?

O que é que eu quero?
Quero ler-te com os olhos, com a ponta dos dedos, com a língua…
Quero ler cada pedaço de ti com cada pedaço de mim. Por fora e por dentro.
Quero ver gravado nos teus olhos o prazer.
Quero ver expresso na tua boca o gozo.
Quero que me craves as unhas nas costas cada vez que te vens e acabar todo arranhado.Quero que me puxes ainda mais contra ti quando já o tens todo lá dentro, como se mais um milímetro fosse crucial para atingires o clímax.
Quero ter-te o tempo todo em cima de mim, subindo e descendo, gritando e gemendo, enquanto te acaricio os seios.
Quero pôr-te de quatro agarrar-te pela cintura e afundar-me todo em ti. Não me perguntes o que é que eu quero, pergunta antes a ti mesma o que é que tu aguentas.