Blue Eyes

Blue Eyes

quarta-feira, 30 de abril de 2014

Sentada em ti, monto-te a um ritmo meio lento, olhando-te nos olhos, mordendo os lábios e cravando as unhas na tua barriga. Puxas-me para ti, encostas o meu peito ao teu, atiras-me o rosto para o lado, mordes-me o pescoço e sussurras-me ao ouvido: "Fica aí quietinha... vou tratar de ti".
Mostro-te o sexo totalmente depilado, molhado, com vontade de ti.
Trata-me mal que eu trato-te bem em resposta.
Nada melhor do que o desejo evidente um pelo outro...
Gosto de te chupar enquanto conduzes. Desconcertar-te e deliciar-me ao mesmo tempo
Gosto de estar assim, em cima de ti. Mesmo antes de tirarmos a roupa interior. Mesmo antes de tudo. Deitar o meu corpo sobre o teu, abrir as pernas e encaixar-me bem em cima de ti. Olhar-te nos olhos, beijar-te e fugir-te de seguida. Sentir as tuas mãos agarrarem-me o cabelo, ver-te morder os lábios. Gemer enquanto te volto a beijar. Começar a mover-me. Deixar que as cuequinhas deslizem de encontro ao teu sexo já duro. Fazer-me ficar molhada, molhar a roupa interior mesmo antes de me tocares. Erguer-me e sentar-me sobre ti, como se te fosse montar. Desapertar o soutien, exibir as mamas, mostrar-te os mamilos duros e a pele arrepiada. Ver as tuas mãos grandes agarrarem-me o peito. Ver os teus dedos a tocarem-me com minúcia e destreza. Ver os teus dedos deslizarem do meu peito à minha barriga, pararem no meu umbigo e continuarem até às minhas cuecas. Ver-te puxar-me o tecido da tanga, para espreitares o sexo nu. Olhares para mim, notares-me tremendamente excitada.
Sim, gosto muito de estar em cima de ti.
Vou despir-me a olhar para ti, deixar-me cair na cama e rebolar para que me vejas. Vou deitar-me de barriga para baixo, ainda de lingerie e meias de liga vestidas. Vou ajeitar-me na almofada, deixar o cabelo solto caído sobre o rosto. Vou erguer o rabo, meter uma almofada debaixo da cintura e ficar assim,empinada, à espera que me explores...
Não perguntes. Passa já à acção!
Agarras-me assim, a qualquer altura, em qualquer lugar, sem pedir licença. Invades-me a roupa, procuras-me o corpo, tocas-me a pele e deixas-me a ferver. Sussurras-me insultos ao ouvido e perguntas se quero que me fodas.
Engole, respira, engole, respira, engole, respira...
Anda. Vamos jogar de novo. ;)
Acordar contigo a abraçares-me por trás é a melhor sensação do mundo.

Especialmente quando sinto o teu sexo duro a pressionar o meu rabo. 
Os desejos devem ser expressados de forma evidente para que, sejam saciados.
Excitas-me.
Sabe tão bem

Não pedia mais nada...

Apenas a tua língua a foder-me o sexo.

Gosto tanto quando me pões em cima de ti, a montar-te. Ergo-me para que me olhes, atiro o cabelo para trás, evitando o calor. As tuas mãos nas minhas ancas, ritmo forte mas pausado, as minhas mãos deslizam pelo teu peito, viajam até às tuas pernas... atiro o corpo para trás, mãos apoiadas nos teus joelhos. Com dois dedos, bates-me suavemente no clitóris, estimulas-me... 
Tem-me. Quando quiseres. Onde quiseres. Como quiseres.
Fode-me forte, com pressa, urgência e necessidade.
Dizes-me que te vais vir dentro de mim mal me sintas contrair num segundo orgasmo... agarro-te o rosto com as mãos, puxo-te para mim e beijo-te ferozmente.
Vou-me molhar, vou desfrutar, vou olhar para ti e mostrar-te que sou tua.
Ah... esqueci-me das cuecas :)

Mordes os lábios num esgar de prazer, enquanto me abres as pernas e te diriges ao meu sexo. Molha-me. Lambe-me. Faz-me vir na tua boca. Beija-me. Ergue-me as pernas e pousa os meus pés nos teus ombros. Entra em mim, devagar, deixa-me sentir-te todo, tão duro, a entrar em mim. Agarra-me depois pelos tornozelos e abre-me bem as pernas. Fode-me. Fode-me forte. Não páres até eu me vir.
Aperta-me o mamilo, faz-me gemer. Beija-me o pescoço... morde-me... melhor... lambe-me o pescoço. Deixa-me molhada de saliva e de prazer.
aprendi a gostar
e...
permitam-me é uma sensação louca, doida
....deliciosa


fodemos que nem loucos
mas unidos completamos-nos
somos loucos pela tesão que temos um pelo outro
fode-me...
fode-me...
faz de mim a tua puta
fode-me...

A Tua vontade bate na minha cara
Faz-me tua,
Tocas no fundo do sabor
escorrega forte
na  minha boca
TESÃO METIDO
a minha rendição

Fodidamente feliz
O teu caralho molha
Sou Desejo Insano
Que prende, bate, faz arte
putamente atrevida....
A tua boca esfrega,o quente do meu leito!
Lambe o doce molhado
Que corre livre
Em ti

Fodendo a fonte do beijo
escorrendo em puro desejo


O corpo rendido

Os dedos que brincam
A carne treme
molhada
O caralho que me invade
O gozo gemido
Que escorre
sem piedade

O tesão metido no meio das minhas pernas
O meu Cio escorre por entre poros
Bicho vadio 
A ti entrego o meu cio

Molha os meus desejos
Fode-me com um beijo

Fode-me
Come-me
Faz-me gemer gritar berrar


Gemidos e línguas
Marcas nascem
O fogo cresce
O gozo explode

Na cama
em chama
o nosso prazer

Beijos no pescoço, mãos delicadas deslizando pelas costas, cabelos puxados, seios acariciados, mamilos puxados, um turbilhão de prazeres
no abismo de prazer

A VIDA É CHEIA DE ATREVIDAS AVENTURAS, DESEJOS À FLOR DA PELE E NOVAS SENSAÇÕES QUE MERECEM SER DESCOBERTAS.
Sendo domada... submissa...pelo Macho 

Rasga-me ...
Rasga-me de Prazer...
Rasga-me de Tesão...
Tenho fome de Ti... 
descobrir novas sensações e prazeres .... Desejos, Vontades e sobretudo muita Imaginação..
Sou... misto de sonho e certeza, amiga, amante, menina, mulher. 
Apertaste-me com mais força contra ti. As tuas mãos passeavam no meu corpo, que respondia a cada toque… ensaiando um recomeço.
Delicia sentir o teu nectar

Da-me leitinho da-me