Blue Eyes

Blue Eyes

domingo, 8 de junho de 2014

Beijava o pescoço e acariciava os peitos, uma das minhas mãos deslizava para o seu fruto proibido, à procura da semente que lhe dá o prazer da vida. E foi nesse momento que ele me gemeu ao ouvido...
Explorei todas as fraquezas: o pescoço, as orelhas, as costas, os mamilos, a cona, o rabo...
Hum...que noite!


Sem comentários:

Enviar um comentário