Blue Eyes

Blue Eyes

terça-feira, 3 de junho de 2014

Num Club Swing
O espaço preenchia-se aos poucos de corpos oriundos de diferentes lugares...
O prazer dos toques na pele, o penetrar dos corpos, fazê-los vibrar.
Os corpos abriam-se para o receber e ele entrava, com toques cada vez mais fortes, dentro de cada um. 
Observava à minha volta os corpos a despirem-se de si e a entregar-se ao prazer, a contorcer-se a cada investida.
Ouviam-se gemidos e gritos de prazer.
A loucura comandava os corpos, alimentados pelo prazer...
Envolvida na multidão não queria parar...queria mais....quero sempre mais....

Sem comentários:

Enviar um comentário