Blue Eyes

Blue Eyes

quarta-feira, 4 de junho de 2014

Os seus mamilos estavam enrijecidos e tesos de tanta vontade de foder.
Fiquei louco de desejo. Tremia de tanta vontade que tinha de penetrar-lhe. Ardia por dentro e apenas ela me podia acalmar o desejo louco que tinha.
Ela queria o mesmo que eu. O seu corpo transpirava tensão, desejo, paixão. 
O meu pau, já duro de tanto desejo acumulado, desejava-a incessantemente. Tornava-se impossível controlar tamanho desejo.
Tinha de a Foder....

Sem comentários:

Enviar um comentário