Blue Eyes

Blue Eyes

quarta-feira, 9 de julho de 2014

Dá-me a tua esporra...

Fui beijar-te e com a outra mão agarrava os teus cabelos, obrigando a inclinares a cabeça.
A minha língua começa a descer em direcção ás tuas mamas, a minha língua explora toda a parte superior, parecia que estavas a explodir, tinhas os bicos tão tesos, tão duros.
Delicio-me nas tuas mamas, saboreando-as avidamente.
A minha mão desce e sinto-te molhada!
Quente!
Que Tesão!
Tenho vontade de te saborear a tua cona, vontade de a provar, de beber dela...
Dizes:
-Está encharcada,anda beber...
-Lambe, saboreia a minha cona...
Acariciaste o meu caralho, dizendo-me:
- Está tão duro, que vontade de o sentir...
Senti o gosto divinal da tua cona na minha boca, que bebida "refrescante" eu estava a ter...
Querias mamar o meu caralho, e ajoelhaste-te à minha frente, a tua língua percorreu o meu caralho.
A Miss Blue Eyes adora passar a lingua nos colhões, brincar com eles , lambendo e chupando até eu sentir uma pequena dor de prazer....
Vai se dedicar ao meu caralho, engole todo, e retira devagar de dentro da boca.
A tua língua brinca com o meu caralho, deixando todo molhadinho, fazias descrevia circulares à volta da cabeça do meu caralho, gostas de saborear...
Estava numaexcitação incontrolável,  e nesse momento engoliste o meu caralho, e ficaste, depois vais subindo e descendo...
A tua boca absorvia o meu caralho teso e desejoso para te foder...
Paras por uns segundos e dizes-me:
- Sou gulosa, quero o teu leite todo na minha boca, até à última gota...
Enfia-o na boca e mamou a um ritmo doido, as minhas mãos agarravam nos cabelos dela.
Miss Blue Eyes, pedia:
- Vem-te ... vem-te todo para mim...
- Dá-me a tua esporra...
Não aguentei mais e vim-me...
Esporrei-me todo aquele líquido branco e espesso na boca da Miss Blue Eyes, ela chupava e apertava com os labios a cabeça do meu caralho, não queria perder nem uma única gota.
De joelhos acariciavas a tua cona, sentias o meu esperma escorrer pela tua garganta...
Puxei-te para mim e beijei-te.
Beijamo-nos demoradamente...



Sem comentários:

Enviar um comentário