Blue Eyes

Blue Eyes

segunda-feira, 21 de julho de 2014

Movimentos fortes

Agarra o meu pau, começa a lambe-lo...
Tiras-me as calças eu já estava todo nu o meu pau já estava teso:

Miss Blue Eyes , diz:
- Quero esse caralho dentro de mim!
Eu respondi:
- Se é isso que queres os teus desejos são ordens.
Ela ia chudando o meu pau, lambendo e acariciando. 

É melhor trocarmos um pouco...ao que ela cedeu.
Comecei por despi-la lentamente, enquanto ia beijando o seu corpo, nas mamas demorei-me mais um pouco, depois continuei a descer, a rata já ia sendo preparada com caricias dos meus dedos, que entre caricias lá ia metendo o dedo e ela ia soltando pequenos gemidos.
Terminada a descida, cheguei aquela cona, que já estava bem humida e cheia de tesão.

Passei a lingua, estava a saber-me muito bem...continuava a trabalhar com os dedos que iam entrando lenta e levemente naquela rata ja molhada.
M iss Blue Eyes ia gemendo, via-se que estava a gostar. 
Depois de lhe ter lambido bem aquela rata, disse-lhe para passarmos a fase seguinte... tudo o que queria era comer aquela rata.
Disse-me para me sentar numa cadeira. Sentei-me e ela sentou-se em cima de mim, de frente para mim segurando no meu pau, apontou-o à sua rata e enfiou-o... logo com uma penetração profunda ao que os 2 não resistimos a soltar um gemido alto.

Começou a cavalgar em cima de mim, ia acariciando as mamas e ao mesmo tempo beijando-as, a espaços ia também dando beijos na boca.
Miss Blue Eyes ia alterando, ora com penetrações mais profundas e vigorosas, ora com movimentos mais lentos em que quase só a ponta da cabeça entrava naquela rata.

- Estás a deixar-em louco... continua assim...
Se continaus assim voou vir-me não tarda.
Miss Blue Eyes diz:
- Podes te vir... mas primeiro,come a minha rata assim por trás.
Com as pernas abertas, deixando por isso a sua rata totalmente aberta para mim limitei-me a fazer o que me pediu.
Por enquanto a comia por  detrás, enquanto isso ia apalpando os seu corpo, as mãos fugiam mais para as mamas e o cu. Continuo a comê-la por trás e vou dando umas boas palmadas... sem duvida era uma boa foda que estávamo a dar.
Ela diz-me:
Eu estou quase a vir-me e tu como estás?
Eu estou como tu... já não me aguento muito mais...com movimentos fortes e vigorosos, em pouco tempo venho e ela também...

Sem comentários:

Enviar um comentário