Blue Eyes

Blue Eyes

quarta-feira, 23 de julho de 2014

Caliente!!!

Mr Blue Eyes vendou-me os olhos, o toque dele estava diferente, mais atrevido, os beijos eram ainda mais apaixonantes, selvagens, pegou-me ao colo, e deitou-me na cama.
Despia-me e beijava cada pedaço do meu corpo que ficava a descoberto, já completamente nua, ele afastou-se, estava a pegar em qualquer coisa, passados uns minutos veio ao pé de mim e algemou-me, estava impedida de me movimentar!
Muito delicadamente percorreu todo o meu corpo, passando muito superficialmente a língua no clítoris, arrepiava-me toda, sentia um calor enorme!!
De repente algo me toca, um vibrador!

Colocou-o no meu clítoris. e ao mesmo tempo que chupava os meus lábios e me fodia com a língua, as mãos do Mr Blue Eyes massajavam o meu corpo que vibrava de tanta excitação, não me contive e acabei por ter o primeiro orgasmo da noite.
Estava a adorar estar ali impedida de me movimentar, sem ver nada, apenas  poder apreciar e tirar o máximo de prazer daquele momento!
Passou o caralho pelas minhas mamas, foi descendo, brincava com ele e com o vibrador, que sensações que estava a ter, deu-me suaves dentadas, seguidamente começou na brincadeira com o caralho no meu clítoris e à entrada da minha gruta molhadinha, acabando por escorregar e penetrar-me!
Soltou-me, e continuou a foder-me selvagemente, as mãos dele percorriam o meu corpo, Mr Blue Eyes queria proporcionar muito prazer.
Virou-me de costas e fodeu-me, deu-me o vibrador para continuar a me acariciar, enlouquecida pedi-lhe que me desse umas palmadas, ali a leva-las ao mesmo ritmo que era fodida, sentia o meu corpo a estremecer de tanto prazer.....
Retirou o caralho, agarrou-me pelos cabelos, enfiou-o na minha boca em movimentos vai vem, segurei-o e percorri-o com a minha língua, suguei-lhe a cabeça, hummm estava apetecível...


Deitou-me de barriga para baixo, começou a massajar as minhas costas, beijava-me e a passava a língua por todos os recantos do meu corpo, levantou-me ligeiramente o meu rabo e com a língua percorreu-me até ao clítoris, ia e vinha em movimentos cada vez mais rápidos. Eu gemia, arrepiava-me, meu corpo escaldava...
Alterada pelos efeitos do prazer que estava a ter, apeteceu-me imenso ir mamar no caralho dele, queria sentir a esporra na minha boca.
Comecei a percorrer-lhe com a minha língua, passei-a em movimentos vai vem desde a cabecinha até aos tomates, sentia-o quase a rebentar, ele puxou as minhas pernas, uma para cada lado da sua cabeça, sugou-me os lábios, chafurdou a cara toda ali na minha cona em brasa e disse:
- Hoje á noite é dedicada ao teu prazer!
Deitou-me de costas continuou a explorar-me profundamente, agarrei-o pelos cabelos, as minhas pernas apertaram-no de maneira a ficar encurralado ali na minha apetecível coninha....
E assim continuamos entretidos…
Ele acabou por se vir, senti directamente a esporra espalhada pela minha boca e nas minhas mamas!
Hummm ..... que delicia de noite...

Sem comentários:

Enviar um comentário