Blue Eyes

Blue Eyes

terça-feira, 29 de julho de 2014

Rachinha

Mr Blue Eyes atirou-me contra a parede e esgravatou a minha rachinha com a a língua quente que eu quase não podia respirar, estava completamente louca, eu gemia como uma puta, parecia que ele procurava alguma coisa lá dentro e tinha vontade de a encontrar... e encontrou... um jacto de desejo acumulado que resolvera rebentar, apertei a cabeça dele entre as minhas pernas e deixei-o deliciar-se.
Entretanto o pau do Mr Blue Eyes veio ao encontro do meu buraco quente; ele pegou nas minhas pernas abriu-as á volta da sua cintura e nem foi preciso indicar a direcção tudo estava á medida da nossa vontade.
Aquele pau quente preenchia-me por completo, a minha vontade era que ele nunca saísse de dentro de mim, depois ele voltou-me contra a parede e fodeu-me por trás, na rachinha, claro, mas já avisando que iria-me foder toda, as mãos dele na minha cintura, o pau na minha cona, aqueles movimentos todos brutos, mas deliciosos, completamente selvagens estavam-me enlouquecendo... até que decidi parar, empurrei-o para cima da cama, deitei-o, despi-lhe a camisa, arranquei-lhe as calças que já se encontravam nos joelhos, despi o meu top onde já se encontrava uma mama de fora e saltei-lhe em cima enfiei o caralho na minha cona e pulei em cima dele fazendo-o quase gritar de tesão, esta era a posição ideal para ele ver-me de frente e em "serviço", desta forma ele aproveitou para acariciar o meu corpo todo, beliscando e acariciando os meus mamilos, agarrando o meu cú e acompanhando os meus movimentos segurando-me pela minha cintura minúscula que tanto o excitava, acho que ele quase morreu quando decidi tirar o caalhor da minha cona e resolvi metê-lo no meu cuzinho apertado...
Gritei de dor mas contive-me e fui introduzindo muito devagarinho até se lubrificar por completo nessa altura fui-me mexendo devagarinho e quando acostumei-me àquela sensação a dor foi passando a prazer e não conseguia parar de o foder com o meu cuzinho até que ele pediu para eu parar porque pensava que iria morrer de tanto tesão e novamente tudo o que ele tinha saltou para fora para cima do meu buraquinho agora um pouco mais aberto...Que foda!!!

Sem comentários:

Enviar um comentário