Blue Eyes

Blue Eyes

domingo, 3 de agosto de 2014

O meu buraquinho proibido

A minha excitação foi crescendo durante o resto da semana, e Sabado á noite depois de um serão de provocação, o Mr Blue Eyes interrompeu o silencio com: - Estas Pronta?
Disse-lhe que sim, e então pediu-me para me despir.
Abraçou-me e beijando-me o pescoço, começou a acariciar-me o corpo, a língua percorre-me as costas até mergulhar na minha rata, como era bom, comecei a gemer freneticamente.
Breves instantes depois senti o pau do Mr Blue Eyes a esfregar nos lábios já húmidos, afastando-os a procura da entrada.
Duma só vez, o Mr Blue Eyes enterrou o pau na minha rata, soltei um longo gemido, e comecei a senti-lo a entrar e a sair, primeiro devagar e depois mais rapido. Passado uns momentos, o Mr Blue Eyes veio-se na minha rata, enquanto eu atingia o orgasmo.
Perguntou-me se queria continuar, e ao dizer-lhe que sim, senti as mãos do mr Blue Eyes a afastar-me as nádegas e o gel lubrificante a escorrer pelo meu cuzinho. Os seus dedos massajavam-me o anus, até que sentir a pipeta do tubo do gel a entrar no meu rabinho. Senti o gel frio a invadir-me o interior, o Mr Blue Eyes devia estar a despejar uma quantidade considerável, no fim espalhou o restante nas minhas nádegas.
Umas das mãos segurou-me a anca, enquanto a outra guiava o pau para o meu buraquinho proibido.
Senti a sua cabeça a encostar e a fazer pressão, o meu corpo cedia a pouco e pouco, até aquele instante de dor latejante, pela extrema dilatação sofrida.
Naquela posição restava-me relaxar o melhor que podia enquanto aquele membro preenchia-me completamente.
Por fim estava todo cá dentro, o Mr Blue Eyes estava muito excitado.
Começou a foder-me o rabinho, a cada estocada a dor foi dando lugar ao prazer, não sei quantas vezes atingi o climax, por fim ele tirava-o cá para fora para o enterrar todo em seguida de uma só vez, o excesso de lubrificante escorria-me pelas pernas misturado com o suor dos nossos corpos. Por fim num gemido final senti o seu membro a encher-me o cuzinho de esporra.
Foi uma noite maravilhosa.

Sem comentários:

Enviar um comentário