Blue Eyes

Blue Eyes

sexta-feira, 8 de agosto de 2014

Toma, é todo teu

Aproximei-me e encostei-me à Miss Blue Eyes...
Estava molhada, e muito. Enquanto lhe oferecia o pau bem teso, explorei aquela cona. Miss Blue Eyes entregou-se ao prazer.
Escorria abundantemente. Dei-lhe a provar os meus dedos. Lambi-os também, que delícia.
Beijei-a ao mesmo tempo que lhe acariciava as mamas. Miss Blue Eyes não largava o meu caralho nem por nada.
Virei-a de costas.
Ela levou o meu pau até à cona impaciente...
Entrei devagarinho, de uma vez só.
Segurei-a bem. Começou a mexer-se. Queria levar com ele mas eu não deixei. - Tá quieta puta, quem fode sou eu, disse-lhe, beijando-lhe o pescoço.
- Estás preparada, perguntei. 
- Sim... - Queres ser bem fodida?- Quero, sim, por favor...
- Então prepara-te.
E nisto iniciei uma foda que aumentava de ritmo rapidamente. Ela estava na posição ideal, tinha a altura ideal e o meu caralho o tamanho ideal para satisfazer aquela maravilhosa cona.
Veio-se logo...
O pau entrava e saia mais lentamente, agora, estava cheio e tesão e com vontade de me vir também.
- Já te vieste minha puta?- Agora é a minha vez... disse-lhe virando a cara para mim.
Vou me esporrar todo dentro de ti minha puta.
- Queres, não queres?
Ela queria e de que maneira.
- Fode-me, vem-te dentro de mim cabrão, por favor...
- Toma, é todo teu.
Enterrei-o bem fundo e deixei-me vir. Vim-me intensamente abraçando-a e gemendo...

Sem comentários:

Enviar um comentário