Blue Eyes

Blue Eyes

quarta-feira, 24 de setembro de 2014

A minha meia verdade…

Hoje quero foder! 
Hoje quero ser fodida! 
Hoje quero que enfies o teu caralho que adoro chupar, na minha cona molhada e quente! 
Hoje vou usar-te e tu a mim! 
Hoje, com raiva no olhar vamos foder! 
Hoje não quero meiguices nem preliminares! 
Chego perto de ti e sem um olá meto a minha mão no teu caralho, aperto e olho para ti… 
Digo: - Fode-me Cabrão!
Sem sorrisos ou meiguices, pegas em mim, apertas-me e levas-me para onde podemos estar! 
Quase rasgas a minha roupa, despes-me desta loucura, desta raiva, desta insanidade! 
Foda-se! Dá-me a maior trancada da nossa vida!
Fode-me ... Enche este vazio que sinto com o teu caralho…
Fode-me!
Chama-me de Puta! A tua Puta! 
Foda-se…  
Faz-me vir! 
Fode-me Cabrão! Arranha-me! Morde-me! Puxa os meus cabelos!
Atiras-me e deitando-me á missionário, queres ver as minhas expressões! 
Abro as minhas pernas para veres a minha cona e assim entras e fodes-me como se a última foda se estivéssemos a dar! 
Fodes-me sem dó nem piedade!
De uma só tacada entras…e …. 
Grito e nesse grito arrebento de prazer...o nosso prazer....

Sem comentários:

Enviar um comentário