Blue Eyes

Blue Eyes

segunda-feira, 22 de setembro de 2014

Estavas com tanta vontade quanto eu !

Beijavamo-nos beijo atrás de beijo, não conseguíamos parar...
Encostaste o meu rabo na parede e fizeste pressão e eu senti-o tão duro, e tu disseste ao meu ouvido :
- Estou tão duro por ti !
Abri-te as calças e puxei-o para fora e coloquei-o na minha boca, ouvi os teus  gemidos enquanto mandavas a cabeça para trás, demorei-me na cabeça, enquanto as minhas mãos massajavam o teu pau, sentia as tuas veias a latejarem de tesão, de vontade ...
Levantaste-me a cara e beijaste-me, debruçaste-me, senti entrares dentro de mim num preenchimento total que me fez soltar um gemido, as tuas mãos nas minhas ancas moviam-se com força de encontra o meu rabo, empurrando-o mais dentro de mim,  desejo , tesão, único .
Uma vontade frenética de chegarmos lá , de explodirmos um no outro :
- Foda-se tão bommmmm....
O teu orgasmo intenso rebentou dentro de mim, enquanto eu sentia o meu licor aos poucos envolver-se no teu ...

Ficaram as vontades de repetir de levar o prazer e a luxúria a novos patamares e de mais uma vez se abrirem ao desconhecido ...sem medos, nem receios somente expectativas ...

Sem comentários:

Enviar um comentário