Blue Eyes

Blue Eyes

terça-feira, 23 de setembro de 2014

O teu sexo

A minha boca procurava o teu sexo , os meus lábios tocaram-lhe. e tu já estavas com ele todo teso, ao ponto de crescer ainda mais dentro da minha boca.
Eu chupava-o como uma louca esfomeada , o teu sabor é bom .
Enquanto mamava no teu pau, batia-te uma punheta sem parar , a minha língua insistia em lamber todos os pontos do teu pau , ouvia os teus gemidos de prazer...
O teu pau foi moldado para as minhas mão , a minha língua lambia-o desde a base ao topo e as tuas pernas tremiam.
Tu deixas-me completamente húmida, estavas a chegar aonde eu queria, queria o teu mel na minha boca , queria sentir o sabor do teu sexo .
- Foda-se . 
Ouvi...
Explodiste na minha boca , num gemido cheio de prazer , lambi tudo o que te pertencia, agora era meu, tudo meu...
Viras-te -me , começas-te a acariciar o meu rabo , sentia a tua língua no meu buraco , não havia nenhum sitio por onde não passasses , o tesão dentro de mim subia , só te queria sentir dentro de mim .
E tu insistias em percorrer todos os recantos do meu corpo , arrepios, calafrios , prazer , tudo se apoderava de mim aos poucos.
Estava cheia de tesão por ti , sentas-te-me na tua boca , e ai foi a consumação de algo que crescia dentro de mim, a tua língua rapidamente me lambia , se introduzia dentro de mim, as minhas ancas não paravam , só queria sentir-te ...
Puxaste-me...
E senti a intensidade com que me fodias, tão imensa, só gritava , sentia que o teu orgasmo chegava , com as mãos nas minhas mamas e enquanto te movimentavas descontroladamente , vieste-te mais uma vez sobre uma gemido prolongado e sonoro ...

Sem comentários:

Enviar um comentário