Blue Eyes

Blue Eyes

segunda-feira, 13 de outubro de 2014

Gemidos de prazer

Fomos para a cama, toquei-te com os dedos, soltas-te um gemido, estavas toda molhadinha!
Senti o meu caralho a crescer e ficar duro, os meus dedos nos teus lábios quentes e húmidos e sobre o teu clitóris, contorcias-te de prazer.
O meu tesão aumentava cada vez mais, sentia a ficar rijo, duro.... Não consegui aguentar mais. Coloquei-me de joelhos, inclinei a cabeça sobre ti, toquei com a minha íngua no teu clitóris.
Estremeceste.
As tuas pernas tremiam. A minha língua dava lambidelas gulosas que percorriam os lábios da tua cona de baixo acima.
Miss Blue Eyes tens uma coninha apetitosa. Estavas no céu! 
Só dizias:
- Por favor não pares de lamber a cona, adoro a tua língua!
Quero que te venhas na minha boca minha putinha deliciosa!
Meti a minha língua bem dentro de ti, fodia a tua cona com a minha lingua, soltavas longos gemidos e vieste-te na minha boca.
- Não aguento mais de tesão! Quero foder-te! Quero sentir essa cona! exclamei eu.
Coloquei-te de quatro, queria foder-te á canzana e comecei a meter a cabeça dentro da tua cona apertadinha.
Estavas tão quente e molhadinha o que me excitou ainda mais. Quando o enterrei todo dentro de ti soltaste gritos de prazer e a partir daí comecei num vai e vem frenético cheio de tesão...
A tua cona quente e húmida, molhada mesmo, de tanto prazer que estavas a sentir. Soltavas gritos de prazer, de tal forma que acabaste por te vir!

Sem comentários:

Enviar um comentário