Blue Eyes

Blue Eyes

quinta-feira, 2 de outubro de 2014

Horas de prazer

Eu não aguento mais, agarrei-a pelas mãos, abracei-a e deitei-a na cama. Eu não estava disposto a perder um único minuto. Desapertei a blusa e libertei o soutien, os mamilos da Miss Blue Eyes estavam erectos. Beijei-lhe os peitos, o umbigo, as coxas... Tirei-lhe a mini-saia e as cuecas, acariciei-lhe a gruta, para depois me dedicar ao seu clítoris já durinho.
Miss Blue Eyes começou a gemer, enquanto tirava a minha camisa à força, cravava as unhas nas minhas costas.
Ela viu o meu pau duro e ficou animada e ansiosa, de seguida fez-me um belo broche.
Minutos depois, e como já não aguentava mais agarrei no meu pau e friccionei para cima e para baixo sobre a vagina.
Automaticamente ela forçou a entrada do meu pau na cona húmida de prazer. Gritou, gemeu, delirou ao longo daquelas horas de prazer.
A Miss Blue Eyes provocava-me sensações únicas, as quais ao fim de alguns minutos fazia com que o meu sémen jorrasse provocando-me aquele prazer de um êxtase deslumbrante.
Ela estava feliz. Depois ela beijou-me e puxou os meus lábios com lábios dela...

2 comentários: