Blue Eyes

Blue Eyes

terça-feira, 21 de outubro de 2014

Jogo de sedução e de prazer

Sensual, intensa, sedutora, apaixonante. Linda, perfeita, e super sensual. 
Senti-me literalmente jogado à leoa. Senti-me como um pedaço de carne a ser devorado com satisfação, prazer e muito tesão.
Estava a amar todo aquele êxtase.
Tinha um desejo louco em lambê-la até se vir na minha boca. 
Fiquei louco e juntei uma pedaço de brutidade para apimentar ainda aquele momento. Seria a minha doce "vingança".
Os seus olhos azuis, prendem-me a atenção e só quero que ela me faça um broche, e ver a cara de satisfação da Miss Blue Eyes.
Que loucura!
- Quero comer-te...
- Booooom! 
Dei-lhe um beijo arrojado. Meti-lhe a mão direita por entre os cabelos e agarrei-lhe a cabeça e apertei-a suavemente para mim, dando um beijo profundo quente, arrojado e sedutor. 
Depois encostei-a contra a parede e virei-a de costas para mim. Queria apreciá-la detrás. Que cu... Rocei-me nela para que sentisse o tesão que tinha no meu pau.
Afastei-lhe o cabelo preto do pescoço e mordi-lhe de forma muito suave. Ela soltou um ligeiro gemido. Depois, meti-lhe a mão por dentro do vestido e fui direto à cona. Sentia-a toda molhada com aquele momento. Que tesão tinha todo aquele momento. Adorava masturbá-la e sabia que ela estava louca para que a fodesse.
Virei-a para mim, tirei-lhe o vestido e vi aqualas mamas pequenas e tesas, que apetitosas... Agarrei-as e lambi-as. Adoro!
Com a outra mão mexia-lhe no clitóris. Miss Blue Eyes soltava gemidos e contorcia-se toda.
Estava com o pau cheio de tesão. A Miss Blue Eyes pertou-o com força, começou a massajá-lo. Estava louco e desejoso que ela o metesse na boca.
Não aguentei mais e pedi-lhe para abocanhá-lo.
- Mete-o na boca por favor. Não aguento mais, a sério. 
- Queres que pare, é? - Com a boca perto dele e a olhar para mim com a língua esticada, com um ar de puta dominadora. 
- Siiiim, por favor.... - Já não podia mais. 
Decidiu começar. Muito bom. Só me apetecia vir na boca de tão bom que estava a ser.
Momentos depois agarrei-lhe com força nas nádegas e comecei a fode-la à Kansana. Enfiei-lhe o pau todo pela cona a dentro.
Estava completamente louco.
A Miss Blue Eyes estava doida e revirava os olhos de prazer cada vez que lhe dava estocadas fortes e rápidas. 
- Foda-se, empina esse cu !
- Meu deus, o que vais fazer? 
- Foder-te minha puta.
Estava a amar aquele momento. Quanto mais olhava para aquele cu e para o meu pau, a entrar e sair, cheio da esporra dela, mais vontade me dava de a foder. 
Estávamos louco e a Miss Blue Eyes só queria aquilo.
- AAAAAHHHHHHHHHHHHHH - gritei ao vir-me dentro dela.
Ficámos os dois deitados, todos suados...

Sem comentários:

Enviar um comentário