Blue Eyes

Blue Eyes

domingo, 30 de novembro de 2014

O domínio do prazer

Deixo-me levar pelo sabor do teu corpo montado no meu. O meu pau teso desliza livremente dentro da tua cona à medida que tu cavalgas em cima de mim. Louca procuras no meu corpo o âmago do teu intenso prazer. Sem perdão contrais-te fortemente e sinto-te sufocares o meu pau. Saboreio o som ecoante da tua cona encharcada enquanto balanças o teu corpo firmemente encaixado no meu. Observo-te, o corpo esbelto, olhos cerrados, sinto bem fundo dentro de ti...

sábado, 29 de novembro de 2014

Adoro-lhe dar palmadas

Ela exclamou-me ao ouvido: quero-te todinho, quero-te dentro de mim.
Eu cheio de tesão, um tesão tão grande, que me doía o caralho, ela fica em pé, e eu abaixo-me, e lambo-lhe, chupo-lhe a coninha, quase me engasgava, pois fui com tanta vontade...
Eu em baixo, com a minha língua a penetra-la, a Miss Blue Eyes contorcia-se, apenas se ouvia, Hunnssss, hunnnnnns, ohhhhhhss, hummmmmm...
Senti a Miss Blue Eyes a ejacular,huummm tão bommm senti-la...
Agarrei nela, coloquei-a de joelhos e sem sequer pedir qualquer permissão,  o meu caralho entrou, simmm entrou todo naquela cona, logo, na 1ª investida.
Miss Blue Eyes dizia, ai Mr Blue Eyes, tão bom, tão bom....
Eu exclamava: Gostas minha puta.... puta do caralho.
Ela já meia aflita, alternava uns sims, com um hunshs, ohhhs, ohhshs, hummm.. Acelarei as minhas investidas já dentro dela....Oh tão bom fode-me isso...
Miss Blue Eyes continuou, aquele era o momento, a vontade imensa de se vir, de ter prazer.
Os gemidos da Miss Blue Eyes eram altos, muito altos, aquilo deixou-me tão louco, ela veio-se de novo.
Quis vir-me dentro dela, mas não deixou.
Agarrou no meu caralho com as veias a saltarem para fora, chupando engolindo-o todo, aquela sensação fez com que os jactos, rápidos, fortes, espessos, saiam de mim, parece que nunca mais parava, a boca dela ficou cheia com o meu sémen.

Comer-te de forma diferente.

Estávamos nos grandes amassos, aí a Miss Blue Eyes baixou-me as calças e logo ai, chupou-me o caralho com vigor.
Seguidamente, coloca-me o mastro dentro da coninha dela, entrou de uma só vez...
Ela inclinada, e apenas se ouvia gemidos que saiam da boca dela: humm, ohshs, hunss, uiii, tão boom, ohhh, hunsns.....
Vá continua, eu exclamava: è bom não é putona, diz és tão gulosa, e gostas, ela exclama: Cala-te fode-me, fode-me.
Depois de a foder a canzana fortemente, a visão descomunal. Senti que ela estava quase a se vir, peguei nela, sentei-a toda aberta. Fodia toda aberta, ela
apenas traçou as pernas atrás de mim exclamando: Ai caralho, és tão bomm, da-mo possa, hunnsns, ohhhs, ohhss, grrrr, hummm, tão bom...
Abri bem as pernas da Miss Blue Eyes, enterei-o todo nela, o meu caralho teso, entrava toda. ela parecia manteiga...
Conseguia ouvir o liquido da Miss Blue Eyes a sair para fora, vinha-se uma e outra vez, Miss Blue Eyes é uma mulher privilegiada, tem orgasmos multiplos...
Gritava, gemia como uma desalmada, com fulgor, com cio...
Acelarei as minhas investidas e vi-me todo nela, ela vem-se com uma intensidade brutal, algo irreal, expulsou o liquido dela, molhou-me todo, veio-se, gemia, uhhhh, ohhhh, é boommm.

Pensei, vou foder-te puta!

Na minha frente, e com o vestido curo não demorou a aparecer aquelas coxas boas, mas nada disse, ela apenas disse, então o café está bom.
Eu: o café está óptimo, mas companhia é bem melhor.
Miss Blue Eyes: ri-se e abre as pernas levemente, consegui ver tudo mesmo o fio dental preto metido entre as suas entranhas, e levantou-se, eu de seguida também me levantei...
Ela chegou-se a mim e beijou-me intensamente. Tás uma bomba, quero foder-te agora, ela estremeceu.
- Ai Mr Blue Eyes queres agora?
- Sim!
Apalpei-a todinha, beijando-a, parecia mel... Num ápice as minhas mãos percorreram as suas coxas levantando o vestido, enquanto me beijava não me largava, não demorou muito para que os meus dedos estivessem metidos nela.
Miss Blue Eyes soltou um gemido:
- Ai caralho, tão bom...
Baixei-me e comecei a mamar-lhe a cona sumarenta. Exclamei, vais ver o quanto é bom teres um caralho como o meu. Ela diz, ohh sim.
Dá-me todo, enterra-mo todo.
Enterrei-me nela, quando entrou, suplicou, ohhhhshs ai, ai, sabia como a levar ao céu, comecei a fode-la bem forte e logo ela começou a ter uns gemidos doidos.
- Ai que bom que és, caraças, como fodes a minha cona, foda-se.
Eu acelarei a cadencia e as investidas ao ver as caretas de prazer da Miss Blue Eyes, ela gemia:
- Hummmmss, ohhshss, aiiiiiii, ouvia-se slap, salp, salp, a cona dela estava toda molhada.
- Ohhss, ai caralho tão bom.ohsssh. Vi-me como já não me vinha há muito tempo, para aa boca da Miss Blue Eyes, besuntei-a toda...

Não aguento esta tua provocação!

Miss Blue Eyes, levanta a saia e senta-se em cima de mim, e exclama, vais sair daqui fino!!! As minhas mãos percorriam as nádegas dela, estava quente e tesuda.
Miss Blue Eyes exclamava, ai Mr Blue Eyes tu és um querido, tratas-me com simpatia, sinto-me atraída por ti, nisto levanto-a para cima da mesa, arredo-lhe o minúsculo fio dental par ao lado, e a minha língua penetra-a, ela começa a gemer, uns, ohshhshs, aiii humm, tão bom, hummm ai Mr Blue Eyes continua.
As minhas mãos seguravam a Miss Blue Eyes, inquieta, toda ela torcia-se enquanto lhe mamava a cona sumarenta, e desejosa, daquele momento.
Miss Blue Eyes, denunciava os gemidos, descontrolou-se e começou a gritar, os gemidos intensos faziam um eco tremendo, instantes depois ela veio-se, o meu caralho estava teso, efarto de esperar...
Não demorei muito a começar a fode-la a canzana, com a máxima força que tinha, nem pedi autorização, pois a Miss Blue Eyes estava imensamente molhada, adorou, fodia com a cadência certa,  ela tinha orgasmos múltiplos, é de loucos mesmo.
Gemia intensamente, e veio-se muitas vezes exclamando:
- Ai tão bom caralho, fode-me, ohhshss, hummsnss, ai que tesão, acabas comigo...
Passado alguns minutos de estar a bombar-lhe na cona à canzana, Miss Blue Eyes quis compensar-me e cavalgou-me em cima de mim até á exaustão, acabei por me vir todo dentro dela.
da-me um tesão enorme em fode-la, e umas mamas pequenas e duras que me dá vontade de chupar e de morder levemente...
Nem imaginam o delírio que foi foder a Miss Blue Eyes, à canzana, e agarrar nas mamas, adoro, que duras, que tesas...

Fornicar

Fostes o caminho todo a mamar-me no meu caralho duro e teso, ohhh que bem o fizestes. 
Seguidamente, rocei-me até te deixar louca de tesão, até delirares, e ficares doidinha, e dizeres palavrões estilo,  fode-me...
Mas eu queria que fodesses esta piça, e tua assim fizeste, que nem uma doida, foi demais, os teus gemidos a fazer eco naquele quarto, fodeste-me como se não existisse amanhã, oh que bom foi, quero repetir....Humm...
Fodeste-me até te cansares, quis finalmente possuir-te em pé a canzana como eu gosto, estavas molhada, louca de prazer, estavas quente, chamei-te nomes, tu sorrias, e dizias.
- Hummm cada vez tás melhor, foda-se, que bomm...  quero-te tanto. 
Que gozo brutal foi foder-te daquela forma, as minhas investidas faziam denunciar uma explosão de prazer, o meu caralho denunciava não aguentar mais, ia tirando para aguentar o máximo tempo possível..
Até que me surpreendestes e pediste-me, ohh mr Blue Eyes, quero ver o teu leite a jorrar, eu exclamei:
Oh Miss Blue Eyes, ai o que me pedes, cortas-me o prazer, mas eu faço-te a vontade, humm.... , tou quase caralho....
Até que não aguentei mais, os meus jactos percorreram as costas que até te arrepiastes, sentistes as tuas costas cheias de esporra, a escorrer por ali abaixo...
És tão boa  a fornicar!

Vontade

Dás-me vontade.
És sábio. Provocas-me ao ponto de me deixares encantada de desejo.
E que vontade me dás.
És louco. Encharcas-me as entranhas do lugar e do pensamento.
Oh que vontade me dás.
És um tesão. Não posso ignorar o quanto estou a sentir e que desejo te ter, dentro de mim, por horas sem fim. 
Não calculas. Que vontade me dás.

sexta-feira, 28 de novembro de 2014

Uma sessão de sexo

Antes de sair do carro fiz uma coisa que ele gosta muito, sem que ele reparasse...
Tirei as cuecas... :)
Uma pequena surpresa para o Mr Blue Eyes. O local era perfeito, por isso não tive problemas em tirar, e fiquei si com um mini vestido.... sem soutien nem cuecas.
Aproximei-me dele e abracei-o.
Mr Blue Eyes diz:
- Hoje estás toda boa!
E começou a meter as mãos nas minhas mamas...
Eu respondi-lhe:
- Ainda não viste nada... :)
Mr Blue Eyes:
- O que há mais?
Eu: 
- Descobre!
Ele desconfiou e meteu a mão por baixo do vestido e confirmou o que desconfiou, que eu estava sem cuecas.
- Hummmm......! Sem cuecas!!! Agora sim....!
Encostou-me a uma árvore e levantou-me a saia para ver a minha rata assim nua. Baixou-se e começou a lamber-me a rata e a chupar-me o clitóris...
Ele ainda apalpou as minhas e mamou nos mamilos, deixou-me com muito tesão.
Demos um belo linguado, depois baixei a minha mão e abri-lhe o fecho das calças para tirar aquela piça para fora, estava com um grande tesão.
Mamei-lhe naquela piça toda, lambia, chupava toda aquela piça, descia ainda mais e chupava-lhe aqueles colhões, dando-lhe uma dor de prazer.... Tornava a subir e deliciava-me a chupar a cabeça daquela piça... Hummm gosto tanto!
Queria dentro de mim, e pedi-lhe para o enfiar todo. Queria senti-lo a foder-me. Deu-me uma foda rápida, esporrei-me toda, tinha a rata toda molhada, vim-me sei lá quantas vezes, ele não ia aguentar mais com o tesão que estavamos a sentir naquele momento, e, não demorou muito até sentir ele a esporrar-se todo e a encher-me a rata com o leitinho, ao mesmo tempo vim-me que nem uma puta.
Gemia e gritava tão alto, pedir-lhe continuar a foder-me toda, com força...
Queria mais...
- Mr Blue Eyes, eu ainda quero mais, estou com um tesão do caralho dentro de mim, esta rata quer mais, quer a tua piça.
- A tua rata ainda não ficou satisfeita, eu sei, eu tambem não :)
- Ela quer mais dessa piça boa.
Mr Blue Eyes coloca-se atrás de mim, e põe-me assim o meu cu à mostra. Eu agarro-lhe na piça que estava tesa, e encostei ao meu cu...
Pedi-lhe:
- Enfia-me essa piça todo na cona, fode-me assim.
Gemia, e eu só pedia para me foder com força, quando está quase a vir-se, ele tira a piça da minha cona e esporra-se todo para o meu cu, a esporra percorreu o meu cuzinho e foi parar à minha rata, levei os dedos e espalhei todo aquele leitinho por dentro do meu cu e na minha rata, hummmm..... mas hà melhor lubrificante do que o leitinho dado por ele? :)

quinta-feira, 27 de novembro de 2014

Que tesão!!!

Ai que bom, assim a metê-lo para eu sentir bem ele a entrar... que bom... que tesão... 
Metes e eu a sentir a cona abrir-se e o teu caralho a entrar... a penetrar... a meter mais fundo... a penetrares-me... aiiiiiii......
Sinto-te encostado ao meu rabo. Tira outra vez, peço-te, e mete de novo assim como fizeste, bem forte.
Quero sentir de novo a cona abrir-se. Isso, mete tudo. Enfia tudo. O teu caralho já está de novo todo enfiado, todo metido dentro de mim, todo enfiado na minha cona.
Que bom que isto é, que tesão que me provoca, que prazer que eu estou a sentir!
Com a mão por trás apalpo-te os colhões que estão a roçar, mexo neles, masturbo-me, esfrego os lábios e o clitóris, que tesão me estás a dar, que prazer.
Começas a foder-me com força, gosto de sentir esse caralho, os colhões a baterem-me no cu... ai que bom, que delicia...
Fodes com mais força, a meter e tirar mais e mais, mais depressa, mais força, mais depressa.
Desejo que me fodas a cona toda, desejo sentir-te a foderes-me com força. Vai... Isso... Mais depressa, mais força... Isso... Continua... Isso... Mais... Mais...
Isso, estás quase a vir-te continua, continua, mais força...
Mais depressa...
Ai querido, sinto que te estás pretes a te vir, gemes de prazer e eu sinto o teu caralho a inchar mais dentro de mim, dentro da mina cona, estás a vir-te...
Isso!... Agora!... Fode com força.... Mais depressa... Força!... Dá-me com força, vem-te dentro da minha 
cona.
Vem-te, por favor, vem-te!!!
Vem-te, por favor vem-te!!!!
Simmmmmmmm, aaaaaiiiiiiiiiiiiii qqqqqqqquuuuuuuuueeeeeeeee bbbbbbooooooommmmm............... Sinto a tua esporra quente dentro de mim, que bom, que bom que isto é.
Que bom!

Vens aqui ou vou aí?

Quero foder...
Quero sentir-te todo nu. Quero agarrar esse caralho e pô-lo a crescer
Quero que me apalpes...
Quero que me apalpes a cona até ter os lábios inchados. Quero que me deixes toda molhada.
Quero chupar o teu caralho. Quero ouvir-te a gemer enquanto te mamo.
Quero ouvir-te a pedires-me para te chupar, mamar. mais e mais.
Quero que me mames os mamilos tesos. Quero que me lambas a cona e o clitóris.
Quero que enfies um dedo nesta cona molhada. Quero estar bem quente e excitada receber o teu caralho.
Quero que me fodas...
Quero que a tires e metas várias vezes, e depois enfias bem fundo.
Quero que me excites...
Quero sentir-te a foderes-me
Quero pedir-te para me foderes mais e mais...
Quero me vir...
Quero que te esporres dentro de mim. Quero sentir o teu caralho dentro de mim até ao fim.
Quero foder contigo de manhã. á tarde, á noite!
Quero foder mais contigo a qualquer momento
Quero... quero... quero...
Fodes-me?

Toca o telemóvel, eras tu...

- Quero foder-te.
- Agora não posso, estou ocupada.
- Só se estiveres a masturbar-te.
- E estou mesmo!
- Imagina como eu estou...
- Se estivesses aqui comigo eu já estaria a pô-lo na tua boca, minha puta.
- Quero a tua língua na minha boca.
- Eu ponho a minha mão no teu caralho.
- E eu a minha mão na tua cona.
- O que me fazias?
- Enquanto te beijava com um longo linguado apalpava-te as mamas. E depois baixava a mão até chegar à tua cona...
- Quero passar com a lingua nessa cona boa!
- Já sinto um tesão louco por ti. Tenho a piça toda tesa.
- Adorava estar aí para a pôr ainda mais tesa.
- Imagina que me estás a mamar. Isso, amor, mete mais fundo na tua boquinha. Chupa tudo, chupa minha puta, mete mais. Sinto que estou quase a vir-me na tua boca.
- Bato-te punheta e chupo-te com mais força até te vires enquanto me masturbo.
- Quero sentir a tua esporra na minha boca e engolir tudo.
- Queres mesmo? Quando?
- Quero! Quero muito... Agora. Mas não estás aqui!
Estávamos nesta conversa e quando eu digo que "não estás aqui" ouço a entrar, e mal entras abres o fecho das calças e põe a piça toda de fora.
Estava excitada com aquela conversa. Queria satisfazer-me. Agarro-me a ele e ponho logo a mão naquela piça que já estava bem tesa e prontinha para me foder.
Mr Blue Eyes mete a mão e começa a massajar-me os lábios da vagina, a meter os dedos na minha gruta do amor.
Eu peço-lhe:
- Foder-me. Quero sentir-te todo dentro de mim.
- És minha, vou foder-te toda. Vou fazer vires-te várias vezes e só vou parar quando me pedires para parar.
Pus-me toda aberta, a cona virada para ele a pedir-lhe para a foder, e ele  com aquele caralho de fora, teso, excitante, e eu cheia de desejo de o sentir.
Mr Blue Eyes penetrou-me logo de uma vez, enfiou tudo até ao fundo.
Eu vim-me com bastante intensidade, e logo a seguir sinto o esperma do Mr Blue Eyes dentro de mim, aquela sensação quente e humida de que eu tanto gosto.
Descansámos um pouco para logo a seguir dar-mos a segunda foda. Eu disse-lhe que adorava que ele se viesse na minha boca, baixei-me para lhe fazer um belo broche como eu gosto muito e ele ainda mais, e mamei-o, lambi-lhe , dei-lhe mordidelas de lado, lambi-lhe os testículos, continuava a mamá-lo até que sinto que ele estava quase a vir-se.
Acelerei os movimentos, e quando ele se vem enfio-o na minha garganta para se vir todo assim bem fundo, dentro da minha boca.
Adorei aquela esporradela.
No fim, descansarmos um pouco, perguntei-lhe se ainda aguentava mais uma, Mr Blue Eyes  disse que sim.
Baixei-me para o mamar e e deixa-lo todo teso, virei-me ao contrário para fazermos 69.
Ele tanto lambeu a minha cona que me meteu um dedo na minha gruta que pouco tempo depois vim-me assim, naquela posição, naquele 69.
Querias mais, queria que ele me esporrasse o meu cu todo...
Deitada de costas levantei as pernas por cima dos ombros dele, e ele penetrou-me na cona, minutos depois estava a esporrar todo o  meu cu, agora sim, estava satisfeita, tive direito a muito leitinho...




Os meus Desejos

Estás à espera de quê?
Penetra-me, fode-me, come-me..
Estou cheia de vontade! Estou aqui à tua disposição.
Estou preparada para te receber... Faz-me tudo isso e muito mais. 
Sou tua e podes fazer de mim o que quiseres.

quarta-feira, 26 de novembro de 2014

Open ...

Sou intensa, não sei viver o amor sem calor, o beijo sem gosto e o sexo sem prazer.
Sou feita de exigência, por isso uma das minhas principais virtudes é a paciência, não me contento com pouco...
Gosto de provar o sabor da pele. Gosto de sentir o cheiro do corpo. Gosto de saborear o calor da boca. Gosto de sentir o toque das mãos. Gosto de degustar todos os recantos. Gosto de sentir o vibrar. Gosto de sentir a escorrer. Gosto... Gosto... Gosto...

That's My Girl



Essa tua boca gulosa, com desejo, com vontade. Os teus olhos brilham de desejo..
Gemes. bem de prazer! Provas as minhas vontades...
Olho para ti e vejo-o o meu pau a desaparecer entre os teus lábios, engoles todo...
Dás-me muito prazer... Sinto a tua boca devora o meu pau, sinto-me a tua boca a deslizar perfeitamente.
Gosto de foder a tua boca... Imponho um ritmo na tua boca, recebes todo dentro dela... Tiro e deixas coberto da tua saliva... Com a ponta da língua fazes círculos na cabeça do meu pau e eu deixo-me levar gemidos intensos de prazer.
Olhas-me com ar de puta e engoles-o de uma só vez...
Hummmmmm....THAT'S MY GIRL !!!!

Os gemidos dela é maravilhoso

Chegamos no motel ainda na garagem a Miss Blue Eyes já estava toda excitada e quando saímos do carro e começamos a subir as escadas para ir a suite ela agarrou-me.
Começamos logo ali a tirar as nossas roupas, eu não resisti levantei a mini-saia e vi uma cinta ligas pretas da mesma cor das meia ligas, lindas, tirei com toda delicadeza e vi ali a cona linda, depilada à minha frente.
Comecei a chupa-la, primeiro passava a minha língua à volta do clitóris e depois enfiei a minha língua dentro da cona dela, mexia com velocidade mas também com delicadeza da maneira que ela gosta.
Depois fui para o clitóris, passava a ponta da minha lingua naquele botão delicioso.
Comecei a chupa-lo e ao mesmo tempo enfiava um dedo dentro da cona dela.... depois dois dedos. Miss Blue Eyes agarrou no meu pau mesmo por cima das minhas calças, entramos para a suite já quase sem roupas, dávamos beijos longos e molhados.
Deitei-a no sofá erótico, começou logo ali a mamar no meu pau, um broche bem molhado, passava as mãos pelos meus colhões e apertava-os.
Ela engolia o meu pau, estava doida de tesão, gemia , lambia, chupava, gritava de tesão, que rica putinha que és Miss Blue Eyes.
Eu estava em êxtase, ela levantou-se, virou-se de costas e empinou aquele cu para mim, foda-se, vou-te foder toda minha puta.
Comecei a fode-la de 4, ela cada vez levantava aquele cu, e eu mais fodia aquela cona, estava toda molhada, o pau pau escorregava naquela cona, cheio de esporra da Miss Blue Eyes...
Os gemidos dela aumentavam cada vez que lhe fodia aquela cona, dava-lhe com força, bem fundo como ela gosta, ela gritava e pedia, mais e mais, Fode-me, Fode-me...
A putinha virou-se agarrou e mamou no meu pau, queria sentir a sua esporra, foda-se que tesão. Puta põe-te de quatro, anda , foda-se, quero foder essa cona, quero te dar prazer, quero ouvir esses teus gritos, quero te dar orgasmos atrás de orgasmos...
Ela logo logo, colocou-se á canzana, e eu só de uma vez, fodi aquela cona, ela gemeu de prazer, fodia aquela cona como um louco, longos e longos minhutos a fode-la com força, bem fundo sem parar, a minha puta não parava de gritar, não parava de ter orgasmos, ela estava sem forças, e eu só queria ouvi-la a gritar, queria lhe dar o máximo de orgasmos...
Os nosso gemidos aumentavam até que lhe disse que ia esporrar-me todo, ela pediu para lhe dar na boca, e assim fiz, esporrei-me todo naquela boca.
Miss Blue Eyes engoliu tudo!

Todo meu!

Vamos! Vamos! Deixa-me chupar esse caralho!
Ele sorriu e logo baixou os boxers. O caralho do Mr Blue Eyes saltou como uma mola.
- Hummmm! Quero mamar essa carne.
Estava hipnotizada. Estava com o caralho do Mr Blue Eyes á minha frente,  inchando diante dos meus olhos, a cabeça vermelha e brilhante, a minha boca estava molhada, com vontade de o chupar.... tinha fome, tinha sede daquela piça.
A minha mão agarra naquele tronco, aperto a meio, vi aquelas veias grossas... Fiquei completamente molhada só de o ver, de o sentir...
Tinha desejo e excitação, estava doida. Enfiei-o na minha boca, chupava com força, aquela piça enlouquecia-me.
Apertava-o com as duas mãos, puxava-lhe os testículos, lambia as veias quentes, esfregava na minha cara, na minha boca, nos meus labios...
Agora o Mr Blue Eyes gemia...
Então ele agarrou no caralho e apontou-o para a minha boca, masturbando-se que nem um doido, gritava como um animal.
Eu acariciava o meu sexo excitadíssimo, soltava gritos bem altos, ele ficava cada vez mais doido, e eu delirando com pequenas ondas de prazer.
De repente, recebi vigorosas golfadas de leite quente na minha boca. Em êxtase, abri-a, sorria de prazer.
Os jactos de esperma explodiam nos meus lábios, estava cega de tesão. Estava a levar com um verdadeiro banho de leitinho, do bom, que tanto gosto de sentir. Algum desse leite escorria para as minhas mamas, onde esfreguei, era um creme tão bom... depois lambi os meus dedos, não queria desperdiçar nada.. tudo meu.