Blue Eyes

Blue Eyes

sábado, 29 de novembro de 2014

Pensei, vou foder-te puta!

Na minha frente, e com o vestido curo não demorou a aparecer aquelas coxas boas, mas nada disse, ela apenas disse, então o café está bom.
Eu: o café está óptimo, mas companhia é bem melhor.
Miss Blue Eyes: ri-se e abre as pernas levemente, consegui ver tudo mesmo o fio dental preto metido entre as suas entranhas, e levantou-se, eu de seguida também me levantei...
Ela chegou-se a mim e beijou-me intensamente. Tás uma bomba, quero foder-te agora, ela estremeceu.
- Ai Mr Blue Eyes queres agora?
- Sim!
Apalpei-a todinha, beijando-a, parecia mel... Num ápice as minhas mãos percorreram as suas coxas levantando o vestido, enquanto me beijava não me largava, não demorou muito para que os meus dedos estivessem metidos nela.
Miss Blue Eyes soltou um gemido:
- Ai caralho, tão bom...
Baixei-me e comecei a mamar-lhe a cona sumarenta. Exclamei, vais ver o quanto é bom teres um caralho como o meu. Ela diz, ohh sim.
Dá-me todo, enterra-mo todo.
Enterrei-me nela, quando entrou, suplicou, ohhhhshs ai, ai, sabia como a levar ao céu, comecei a fode-la bem forte e logo ela começou a ter uns gemidos doidos.
- Ai que bom que és, caraças, como fodes a minha cona, foda-se.
Eu acelarei a cadencia e as investidas ao ver as caretas de prazer da Miss Blue Eyes, ela gemia:
- Hummmmss, ohhshss, aiiiiiii, ouvia-se slap, salp, salp, a cona dela estava toda molhada.
- Ohhss, ai caralho tão bom.ohsssh. Vi-me como já não me vinha há muito tempo, para aa boca da Miss Blue Eyes, besuntei-a toda...

1 comentário: