Blue Eyes

Blue Eyes

sexta-feira, 30 de janeiro de 2015

Que bom

Quero partilhar contigo algo ardente, que nos vai levar para a cama...
Fazer-nos suar, arder até delirar de prazer...
Quero o teu desejo, o teu prazer, a tua boca...
Saboreia-me,devora-me, morde-me...
Quero sentir o toque da tua lingua, a beijar-me, a lamber-me...
O prazer do meu sexo e da união carnal...
Quero que me sacies desta fome...
A tua boca quente e humida...
Sirvo-me quente...
Prova-me...

Louca

Rasgo-me na vontade das tuas curvas...
Sou louca!
Louca por ti...
Perco todos os meus sentidos...
Louca pelos teus gemidos...
Louca pelas tuas fantasias...
Louca pelo teu corpo nu...
Louca pelo teu sexo!!!
Os meus lábios famintos...
Percorro o teu corpo...
Beijo o teu sexo...
Em lambidelas quentes...
Saboreio as delícias do teu prazer...
Sinto o teu gozo...
Sinto-te a estremecer...
Sinto todo teu prazer...
Enlouqueces-me de prazer...
Perco-me...
Tu excitas-me tu provocas-me..
O nosso prazer numa explosão brutal...

Ménage

Ménage à trois ou sexo a três, sentir-me desejada por dois homens e depois ser possuída, adoro, adoro...
Ter dois paus só para mim,  chupa-los, enfia-los na minha cona e ser fodida  pelos dois.
Peço para enfiarem o pau na minha cona e que me fodam, bem fodida. Seguindo varios orgasmos com ele todo metido dentro de mim a acabarem de me foder toda.
A minha cona a vibrar a rebentar de orgasmos múltiplos.

Gosto de foder

Ser preenchida por um pau é uma delícia.
Agarrar-me a a ele e roçar-me da cabeça ao pés, ui que bom.
Começar a ver aquele pau só para mim, ai, ai... Mete-lo na minha boca e manter aquele vai e vem até ficar com os lábios dormentes e a garganta quase fodida.
Depois e começar a possuir-me de costas, foder-me, batendo com o corpo no meu rabo.... ouvir o som aquele som de bater...
De trás sinto-o todo dentro de mim até queimar o meu interior em cada investida que faz.
Quero ser fodida, quero um pau e ter todo o leitinho derramado dentro de mim.
Aí como eu gosto de foder.

quinta-feira, 29 de janeiro de 2015

Equilibrista...

Entrego-me para onde ela quiser me guardar...
E é assim...
O meu pau mais parece um mastro.
A tua gruta engole-me...
Num sobe e desce...
Onde só tu prevaleces...
Enlouqueces-me!
Um arrebentar de prazer.
Cheio de tesão.

O teu grelinho

Sabes aquele momento.
em que eu enfio a mão por dentro das tuas cuecas, 
e meto os dedos na tua rata molhada!!!
Arranco a tua roupa,
e faço-te sentar em cima de mim
o teu cheiro fica agarrado ao meu corpo.
Faço-te subir com a tua rata até á minha boca,
e tu ali... 
a olhares para mim e a esfregar o teu grelinho até te vires na minha boca.
Esfregas a rata na minha cara, no meu queixo...
Um instrumento de tesão!!!!
E depois coloco-te de quatro, e fodo-te sem dó...
Enfiar o caralho dentro de ti até ficar colado ao teu corpo.
E no final, já bem maluco,
inverte-se tudo,
e da loucura passa-se ao romantismo.
Amoreeeeeeeeeeeeee, vem cá.

Chupas-te o teu macho.

Coloquei o meu pau para fora, senti a tua boca no meu caralho tesudo, agarrei nos teus cabelos, e fodi-te a boca.
Aiiiiiiiiiiiiiiiiii que tesão caralhooooo...
O meu caralho a entrar na tua boca, as minhas mãos no teu cabelo.
Deliravas...
Estavas com ele na tua boca, lambias a cabeça como se fosse um gelado, e chupavas.
Batias-me punheta.Tu querias esporra, e querias na cara.
Chupas-te e chupas-te.
A minha putinha... Chupas-te o teu macho.
Chupas-te as minhas bolas e batias uma punheta enquanto olhavas para mim...
Gulosa...
Tiras-te o pau da tua boca e bateste com ele na cara... sua doida...
Colocas-te de novo na tua boca...
Fiquei agitado, tiras-te da boca e ficas-te a bater...
Deu-se a esporradela....lambeste tudo...

quarta-feira, 28 de janeiro de 2015

Loucos por sexo

Mr Blue Eyes beijava-me e acariciava o meu corpo, as minhas mamas, as minhas coxas, o meu cu.
Então ele começou a tocar na minha cona, nos labios, no meu clitoris...
Acariciava o meu clitóris, era um autentico tesão, uma onde de prazer subia pelo meu corpo...
Não queria que ele parasse...
Comecei a vir-me que nem uma louca...
Não aguentei e comecei a gemer, alto, descontrolada, não pensava em mais nada no mundo, era apenas uma fêmea no cio, um animal em cheio de tesão.
Só penso em foder, foder muito!!!!
Sinto a tua piça dura dentro de mim e... o orgasmo acontece novamente, mesmo sem tocar na cona.
E, já sabes, os orgasmos dão-me mais vontade de foder...
- Aiiiii foda-se, que bommmm...
- Geme puta, geme... queres o meu caralho não queres... 
Aiiiii fode-me... estou a escorrer... quero esse caralho enterrado em mim...
- Queres puta, queres... toma...
- Foda-seee. Vou foder-te toda!
Sentia-o duro, teso como nunca.
Queria ser fodida. 
- Quero-te de 4 puta. Vou-te foder essa cona.
- Estás com o cio... Sinto-te o cheiro.
Eu queria mais.
Estava tão excitada... 
- Queres que o enterre todo minha cabra.
- Vou-te foder esta cona toda minha puta. Foda-seeeeee Estou todo lá dentro... Aiiiii que puta... Foda-se... que tesão...
Hummmmm não aguento mais... aiiiiii... vou-me vir... 
aiaiiaiaiaiaiaiiiiii....
Que caralho bom.
-Vem-te puta
, vem-te... que eu vou-me esporrar todo 
tambemmmmmmm.
- Huuuuummm ai.... vou-me vir... hummmmm... bommmmmmm...

Molhada de tesão

Com os seios à mostra, e com os bicos duros.
Os meus bicos duros e molhados dos teus beijos..
Abocanha um mamilo, chupas de uma forma incrível...
Eu já completamente louca...
Abro as pernas.
Ele não aguentou e disse:
- Tu com os mamilos tesos e molhados, ao contrário dos seios, tambem estás molhada aí em baixo?
Mr Blue Eyes ajoelhou-se e caíu de boca na minha cona. 
Sexo!!!!!
Ele a chupar-me e eu ter prazeres convulsivos...
Orgasmos múltiplos!
O tesão era tanto que ele colocou-me de quatro e fodeu-me de uma vez.
Foder é uma arte,  nem todo homem domina, mas o Mr Blue Eyes faz com mastria.
O bom do sexo não é a velocidade, mas sim a intensidade.
Ele fodia-me de um jeito muito especial, muito sentido... 
Uma penetração profunda, num ritmo compassado, que me faz sentir todo ele dentro de mim...
Cada centímetro a preencher-me. Enquanto ele me fodia, acariciava o meu corpo com as mãos e deixava-me cada vez mais louca.
A foder assim...
Explodimos em conjunto.

Com a ponta da língua

Ela não perdeu a oportunidade e perguntou:
- Posso?
Eu sorri e tremi, vi no rosto dela uma expressão que ela estava a salivar mesmo antes de provar.
Abri as pernas, ela corou quando me tocou, os olhos dela brilhavam.
Ela começou a deliciar-se, acariciou-me, lambeu-me, chupou-me suavemente. Aquela língua, aqueles lábios, eu delirava, estremecia, que prazer me estava a dar.
Entretanto ela ajoelhou-se, e olhou-me bem nos olhos.
Sorriso atrevido...
Os olhos dela continuavam a brilhar.
Lambeu, beijou e acariciou-o o meu clitóris....
As minhas pernas continuavam a tremer de tanto prazer que estava a ter.
Ela começou a ser mais ousada e percebeu que me levava à loucura, sempre que lambia o meu clitóris com a ponta da língua.
Não sei como aguentei tanto...
Ela dominava perfeitamente o assunto. Ela não conseguia parar de lamber, aquilo estava a dar-lhe efectivamente muito gozo e a mim também.
Eu não aguentava mais, e foi apenas isso que fui capaz de lhe dizer:
- Eu não aguento, não aguento mais...
Eu avisei… não consegui evitar mais…
E assim, ela sentiu o meu forte orgasmo, deixando a minha cona totalmente húmida, era tudo o que lhe tinha para lhe oferecer, o prazer que ela me tinha proporcionado.

Agarrei-a beijei-a

Demos um abraço forte, meigo e carinhoso.
O desejo do beijo surgiu mais forte do que nunca.
Os corpos ficaram colados, frente a frente.
Ela agarrou-se a mim, colocou a mão dentro de mim...
Depois com a mão percorreu todos os mamilos durissimos de tesão.
O meu corpo desencadeou uma reacção que eu não consegui controlar.

Adorei sentir a mão dela a percorrer todo o meu corpo...
Estava incrivelmente sensível.
Ela foi meiga, carinhosa e ternurenta.
Eu agarrei-a, beijei-a.
Decidi descer mais, e tocar no ponto mais sensível do seu corpo. 
O meu dedo caminhou no redor do clitoris dela, deliciosamente, lambi e chupei...hummmm...
Como vai ser a seguir?

Profundamente

Abri as duas pernas o suficiente para veres que não levava cuecas.
Isso deixou-te louco...
Querias vir para o meu lado.
Eu tinha a cona a escorrer.
Metes-te dois dedos, profundamente, levantei-me e meti-tos na boca.
Sentei-me no teu colo e disse-te:
— Quero-te foder!
Abri-te o fecho das calças, retirei a tua piça tesa e sentei-me nela.
Comecei a foder-te, deliciosamente cavalgando no teu caralho.
Não tardei a vir-me...
Gritos de prazer subiam-me à garganta.
— Agarra-me as mamas!
Senti as tuas mãos nos meus mamilos e avisei-te que ia ter um novo orgasmo...
Eu venho-me e tu vens-te..
Levantei-me e sentei-me de novo, desta vez com as costas voltadas para ti, espetando-me toda pelo teu mastro abaixo, até ao fundo.
Pedi-te:
— Fode-me toda caralho!!!!
Que piça picante que tens caralho....isso fode a tua puta fode caralho....
Apeteceu-me tê-la na boca.
Ajoelhei-me à tua frente e lambi os teus colhões, abocanhei-os, subi até ao teu caralho teso, rijo e disse-te:
— Dá-me essa esporra toda na boca!
— Então, chupa-me até me vir!
E chupei, e vieste-te tão gostosamente, dando-me a deciosa esporra dentro da minha boca e depois fora, na cara, nos lábios.
Que maravilhosa foda.!
Que piça!

Tremes, gritas, gemes

O teu corpo, o teu prazer...
Anseias pelo meu caralho...
Contorces de prazer...
A tua boca aberta, que deixa sair gemidos...
Enfio dois dedos dentro de ti...
Que ficam totalmente molhados...
Os teus mamilos estão duros, rijos de tesão.
Denunciam o teu prazer...
Entro dentro de ti, e tu aberta recebes todo o meu caralho...
Começo com estocadas leves, e depois mais fortes e mais rápidas...
Tu vens-te, tremes, gritas, gemes...
O meu caralho dentro de ti...
Que tesão...
Que visão!
A tua cona queima, arde, é fogo.
Os teu lábios húmidos de prazer...
Faço-te vir novamente.
Não aguento e a explosão da-se dentro de ti.

Enterra-lo dentro de mim

Ofereço-te a minha gruta.
A minha gruta dou-te de presente...
Fode-me!
Quero senti-lo enterrar dentro de mim...
Nas minhas entranhas vaginais.
A pedir e a gritar por mais.
- Mete, que eu quero mais!
- Fode a minha cona... 
Adoro esta sensação.
De dar a cona.
O teu pau quente e duro!
Na minha cona molhada.
Fode-me bem forte...
Mete na minha cona.
Alarga...
Que é bem apertadinha!
Deixa a tua esporra...
Deixa toda inundada.
Enche de leite quente...
Dar a cona é muito bom!
É um tesão...
Não existe nada melhor...
Do que levar com um caralho!

terça-feira, 27 de janeiro de 2015

Gemidos e palavras

Que tesão...
A tua gruta deliciosa...
Abres essas pernas...
Vem cá minha tesuda...
Agora és minha...
As minhas mãos abrem as pernas, os meus dedos tocam de leve e a Miss Blue Eyes deixa-se ir...
A respiração torna-se mais forte...
Chega ao primeiro orgasmo...
Entro dentro de dela...
Doida... Sua doida... Adoro ver-te assim louca de tesão, a pedir por mais...
Os golpes tornam-se cada vez mais fortes, do jeito que nós gostamos, e a Miss Blue Eyes logo chega a outro orgasmo...
-Não pares tesão, não pares... Por Favor não pares!!!!!!!!!!!!!!!!
-Das comigo em louca tesão...
- Calma minha putinha isto ainda é só o começo...
-Hoje vais vibrar muito e muito...

Quero delirar

Hoje quero ser uma menina louca...
Quero sentir muito prazer, quero que me dêm muito tesão...
Agarra-me nos meus cabelos e beija-me o corpo...
Quero sentir prazer...
E dar muito prazer...
Brinca comigo, da forma como quiseres...
Explora o meu corpo...
Quero delirar...
Até que o meu corpo se entregue ao cansaço...
Até que o tesão acabe...
Alucinada e louca de desejos...
Sentir o teu peso em cima do meu corpo....
As tuas mãos másculas a abrir a minha gruta molhada..
A tua língua a fazer-me delirar...
A tua boca quente, húmida...
A possuir-me docemente...
Em êxtase perdemos o controle e nos entregamos ao universo do prazer....

Luxurias vividas a dois...

O teu sexo seduz-me...
Orgasmos sublimes !
Gemidos de tesão...
Prazeres intensos...
Delírios de tesão...
Entrega sublime!
Em cadencias ritmadas...
Delicio-me no teu vulcão!
Sinto em ti a explosão !

O toque quente

Saboreio o teu sabor...
Delicio-me de ti !
A tua gruta doce e carnuda.
Tão suave...
Humedeces a cada toque meu.
Vibras com os meus dedos...
Ahhhh, que tesão que me dás !
És possuída de prazer..
Serás totalmente preenchida !
Estremeces em réplicas de tesão...

Flashes de luxuria

Liberto-me para o calor da noite!
Momentos repletos de loucura...
As urgências do nosso tesão !
Corpos ávidos de prazer...
Momentos de luxuria !
Um fogo intenso percorrem nas nossas veias...
Fodemos!!!
Gemidos ecoam a cada estocada...
Finalmente explodi-mos de prazer !

Gemer de tesão

Momentos de loucura...
Noites de tesão...
Pronta para mim...
Louca pelo meu toque, pelo meu sabor...
Estou cheio de tesão por ti...
És majestosa...
Deliciosa...
Uma musa de prazer !
As nossas noites mágicas de prazer !
Escorres de desejo,
Sensação luxuriante de prazer,
Grelos em brasa,
Gemidos de prazer !

Inunda-me os sentidos...

Incendiaste-me de tesão !
Repletas de desejo...
Atrevidamente provocantes...
Deliciosamente... se tocam...
A fragrância que as alimenta...
Despertam desejos...
No teu olhar, a gula do teu desejo...
Na tua língua, a fome do teu corpo...
No meu caralho, o derrame do prazer !
Fogo que consome...
Desejosas e Sedutoras.

Entregues ao desejo

Fodemos sem fim !
Possuídos por um desejo avassalador...
Os nossos corpos fervilhavam de tesão...
Sedentos de prazer, gemiam em compasso...
Arfando a cada estocada impelida nos corpos...
Em lavas de prazer...
Mãos que apalpam que acariciam...
Mastros que entram nas entranhas...
Conas desejosas de sentirem...
Grelos inchados...
Carnudos e sedentos...
Banharem-se na esporra luxuriante !

Desejo avassalador

Uma cadência explosiva...
O teu olhar desafiante...
Sinto o calor dos teus lábios...
Palpitão de desejo !
A tua língua que se insinua...
Desliza no meu caralho...
Hirto de tesão...
Sinto a tua boca...
A tua língua...
Faminta de Prazer !
Quero te dar o meu néctar delicioso...
Que te alimenta o desejo !
O sabor único...

O toque sedoso

Entrelaçadas...
Corpos emanando aromas libidinosos...
Luxurias...
Corpos que se lavaram com salivas...
Unidos em desejos ardentes!
Grelos carnudos e suculentos...
Sedentas de prazer...
Inebriadas no frenesim...

Tesão alucinante

Invade-me uma vontade louca...
Sinto as entranhas quentes...
Ensopadas de prazer...
Um desejo incontrolável...
Vou enterrar-me em ti...
Sentir o fogo do teu caralho...
Pronto para mim...
Quero arder de tesão...
Como ondas de orgasmos !
Explosivos de tesão...
Na luxuria de cada momento...
Entrego-me...
Destemida...
Nestes loucos impulsos de tesão...
Nesta loucura que me atormenta...
Desejos orgásmicos...
Que me deixam doida de prazer !

Corpos entrelaçados

Quero abandonar-me à luxuria...
Quero entregar-me à lascívia...
Quero ser possuída de desejo...
Quero sentir-me exausta de tesão !
Noites de Prazer...
Momentos de partilha...
Inebriada de tesão e desejo...
Na urgência do desejo...
No calor do momento...
Sensações profundas...
Aos êxtases do desejo !

segunda-feira, 26 de janeiro de 2015

Tentações

Aquele beijo durou uma eternidade, estava a ser um beijo quente, recheado de sedução.
Acho que nenhum homem consegue fazer aquilo, o toque feminino é sempre especial.
Aquele beijo estava a deixar-me fora de mim...
A observar... 
Elas não se beijavam apenas, elas faziam amor com os lábios, elas amavam-se, entregavam-se suavemente, numa dança de toques suaves, as mãos a passearem nos corpos de uma e de outra.
As mãos entraram nas cuecas...
Ouvia-se a respiração a começar a ficar alterada, durante aqueles longos beijos.
Via a língua delas brincarem, uma com a outra sem nunca pararem com a outra mão que estava ocupada com a outra.
Aquilo tudo era de demais.



Deitam-se e os beijos passam a ser espalhados pelos corpos das duas...
Ficou deitada e a amiga chegou-lhe à gruta.
Vai beber o néctar...
Ela levanta o corpo, volta a passar os dedos na grutada amiga e diz-lhe:
-Tás toda molhadinha!

Mostraste-me

Seduz-me e excita-me!
Tu! Toda Nua...
O teu atrevimento, tão boa que és para mim...
Deixas-me louco, doido de tesão.
E ver-te assim, ousada, provocadora, ainda mais... mais...
Estou com "ele" na mão!
Tu deixas-me assim...
Gosto de te ouvir: - Fode-me! Anda, quero-te dentro de mim!
Tu pedes e eu faço!
Já não posso mais...
Tu não paras de gemer...
Quero que me proves agora!

Alvo perfeito !!!

Estás pronta?
Já!!!!...
Hummmm... eu já estou pronto...
Já vou ter contigo!
Entrar e sair dentro de ti!
Excitar-te...
Megulhar em ti!
Dár-te de quatro...
Provocar-te um delirante e magnífico orgasmo.

O fogo que ela tem no corpo

-Tens fodido?
Precisamos de tomar conta dos nossos corpos.
Vontade de possuir...
Beijar, provar e a apalpar...
Entregamos os nossos corpos, um ao outro!

Fortes estocadas

Ele meteu a língua na minha vulva já molhadinha de desejo, começou a enfiar um dedo.
Eu então comecei a mexer-me lentamente nos dedos dele, e naquela língua que não parava de dançar na minha ratinha.
Então ele levantou-se e começa a chupar as minhas maminhas...
Resolvi agachar-me e abri a calças dele, salta um pau maravilhoso, duro e teso.
Nao resisti e começo a chupa-lo ali nua agachada.
Começo a chupa-lo, bem molhadinho..
Mr Blue Eyes levanta-me, eu coloco-me costas para ele, começo a sintir aquele pau a percorrer as minhas coxas à procura da minha ratinha.
Agarro naquele pau e encaminho-o para a entrada da minha ratinha. Mr Blue Eyes abre o caminho e escorrega para dentro de mim, começo a sentir-lo a bombar com muita satisfação.
Ele agarra no meu rabo com as duas mãos e vai me dando fortes estocandas, acaricia as minhas mamas e delicia-se a beijar as minhas costas.
Que tesão, um vai e vem cheio de luxuria. 
Começamos a gemer bem alto, ele então avisa que vai se vir...
Aviso para se vir para cima do meu cu, quero sentir a esporra dele a escorrer...
Mr Blue Eyesl tira o pau de dentro de mim e começo a sentir as gotas quentes de esporra no meu cu....
Quando ele já está todo sensível eu o abocanho e engulo as restantes gotas.

domingo, 25 de janeiro de 2015

O sexo selvagem

Cada toque dos meus dedos no teu corpo...
E a excitação aumenta com o tesão...
A arder em chamas de prazer...
Com o desejo de corpo e alma...
O tesão, uma vontade louca de saciar os nossos desejos...
Fazer-nos suar, arder até delirar de prazer...
O prazer do sexo e da união carnal...
Intenso prazer...
A tua respiracão quente excita-me...
Faz-me delirar de prazer...
Num êxtase sem igual...
Assim sedenta de desejo...

sábado, 24 de janeiro de 2015

Embriagados pelo momento...

Hoje queria ter-te e saber-te...
Amar-te, comer-te, foder-te e ser tudo aquilo que desejas...
Beijar-te, lamber-te, chupar-te, acarinhar-te e seres o que quero que sejas...
Sentir-te em mim, invadir-te o corpo...
Em toques de prazer...
A minha boca no teu sexo...
O nosso prazer numa explosão brutal...
E ouvir-te pedindo-me:
- Fode-me!