Blue Eyes

Blue Eyes

quinta-feira, 29 de janeiro de 2015

Equilibrista...

Entrego-me para onde ela quiser me guardar...
E é assim...
O meu pau mais parece um mastro.
A tua gruta engole-me...
Num sobe e desce...
Onde só tu prevaleces...
Enlouqueces-me!
Um arrebentar de prazer.
Cheio de tesão.

Sem comentários:

Enviar um comentário