Blue Eyes

Blue Eyes

terça-feira, 24 de fevereiro de 2015

Faminta

O corpo nu, estou no paraíso, tranquilamente nua.
Tenho sede.
Aproximo-me...
 Ondas de prazer crescem dentro de mim..
. Aproximo as unhas das costas e as toco, seu corpo reage se arrepiando. Então você se vira, logo penso, ”fui descoberta”, então você continua a dormir profundamente.
A sensação de sentir o teu caralho a crescer na minha boca, que delícia.
Estou extremamente molhada, excitada.
Lamber cada centímetro do teu mastro, chupo tudo.
O meu trabalho prazeroso, que me atira para a cama e que me penetra, com força.
Todo o meu corpo é um intenso prazer, e tu deslizas para dentro de mim....
Ondas de prazer invadem o meu corpo.
Tratas de engolir os bicos das minhas mamas tesas...
Uma de cada vez...
A sensação é indescritível, a minha pele arrepiada.
Estou quase no ápice do prazer, tu enlouqueces-me, os nossos corpos conhecem os caminhos.
A penetração  torna-se profundo!
Entrego aos carinhos, às delícias, ao tesão, ao desejo, a ti.
O orgasmo chega ao mesmo tempo, em ondas sem ritmo certo que me fazem apertar o teu corpo contra o meu.
Suados, molhados, e aos beijos.

2 comentários:

  1. Sinto o cheiro dessa bucetinha aqui na minha tela....ai que pecado!!!!!!!!!!!!!

    ResponderEliminar