Blue Eyes

Blue Eyes

terça-feira, 24 de fevereiro de 2015

O jogo de sedução

Tu tiras o meu vestido e substituis o soutien pelas tuas mãos...
O meu corpo arde de desejo...
A minha respiração fica acelerada...
Da minha boca saem gemidos baixos
Fecho os olhos e sinto a tua boca quente a morder cada um dos meus bicos tesos...
Deixas-me louca.
Ondas de calor percorrem o meu corpo.
Os beijos se tornam profundos...
Inicia uma tempestade de línguas.
As minhas mãos descem.
Fico de joelhos à tua frente, agarro no teu caralho...
Estas excitado, duro!
Começo a bater-te uma bela punheta, acima, abaixo, acima, abaixo... agarro bem nele.. aperto bem.. sinto a tua cabeça bem dura.
O corpo treme, e eu sigo... lambo cada centímetro do meu mastro.
Engulo por completo.
Começas a gemer e eu olho-te de boca cheia e esboço um sorriso.
O teu sabor é maravilhoso, o meu corpo estremece, já estou toda molhada...
Ondas de calor e tesão sobem pelo meu corpo.
Tento enfiar o teu mastro todo na minha boca, não consigo. Lambo, chupo e torno a lamber deixando um rasto da minha saliva.
Tenho um único objectivo, saciar minha sede, encontrar a fonte e dela ser merecedora do teu néctar.
Sinto tremores vindos de ti...
Empurro-te para dentro de mim, a penetração é profunda.
O meu corpo está como um vulcão, prestes a explodir, grito de prazer.
Gozo instantaneamente...
O meu corpo estremece de tanto prazer.
Aproximo de joelhos e sem esperar o engulo, o teu sabor misturado com o meu....
Hummm a minha sede.
Sinto o teu gosto, quente, intenso, deliciosamente saboroso, a preencher-me a boca, a escorrer pelos meus lábios.
Engulo sedenta, faminta, desesperada.
A minha sede está saciada...
Mas minha fome...
Ai a minha fome...

2 comentários: