Blue Eyes

Blue Eyes

segunda-feira, 2 de fevereiro de 2015

Ordeno-te: vem-te

Quero-te. Amo-te. Desejo-te.
Acaricias-me, provocas-me.
Deitas... sinto a tua língua, o calor dos teus lábios, a tua saliva que escorreno meu caralho...
Lambes, chupas, vou-me perdendo.
Vais explodir de prazer e esse será o meu prazer!...
Gemidos incontroláveis...
A respiração dispara.
Apeteces-me. 
Os meus delírios.
Estás húmida....
Ofereces gemidos de luxúria perdidos de desejo...
Penetro-te com a língua, encharco-te de saliva.
Pressiono... Gemes... Pressiono mais... Entro... Sinto o teu corpo a tremer, e  contorces-te, é um vai e vem profundo, completo, dentro de ti.
Gemes...
Ordeno-te: vem-te...
Gritas....
Sinto o teu orgasmo, as tuas contracções que enlouquecem-me.
Sinto que às golfadas te encho de mim. 

Sem comentários:

Enviar um comentário