Blue Eyes

Blue Eyes

terça-feira, 10 de fevereiro de 2015

Que prazer

Despimo-nos, deitei-me de costas na cama ele abriu-me as pernas para me admirar a cona e fazer-me um longo minete.
Eu estava em brasa e desejava era senti-lo.
Eu estava toda molhada.
Que bom, que delicia, aquele caralho a foder-me.
Ai que bom, que delícia, que prazer agora me estava a dar.
Penetrou-me, enfiou aquele belo caralho todo em mim.
Senti um prazer, um tesão, um desejo que ele se viesse.
Senti mesmo um desejo de foder, foder muito, foder o mais que pudesse, sentir o que mais desejo que é ter a cona inundada de esporra, aquele calor que eu tanto gosto lá bem no fundo da minha cona.
Senti tudo o que mais desejava, e quando ele se veio... uiiiii que prazer, que tesão, que foda, ele a inundar-me toda...

2 comentários:

  1. Mas que prazer este prazer...

    яυgı∂σs ρσétι¢σѕ ∂α ℓєσα
    =';'=

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Obrigada Cléia Fialho...
      o prazer é todo meu ( nosso )... espero que continues a ter prazer em nos seguir
      Bjs Blues

      Eliminar