Blue Eyes

Blue Eyes

terça-feira, 17 de fevereiro de 2015

Vontades

Agarrou no seu brinquedo e encostou-o aos lábios húmidos e carnudos...
Junto à entrada da gruta húmida, brincou e brincou como quem descobre o corpo...
Deixou-o escorregar para dentro daquela gruta, o corpo estremecia, a boca abriu-se...
O interior do corpo da Miss Blue Eyes aqueceu, com aquele brinquedo frio e sem vida...
Usou-o com perícia e a seu belo prazer, deixou-o molhado de si própria, do seu próprio néctar.
Abriu mais as pernas e expôs a gruta húmida à luz quente...
Continuou vagarosamente...
Sem pressas, a Miss Blue Eyes e o seu brinquedo...
O prazer de dar ao seu corpo, o que ele lhe pedia.

Sem comentários:

Enviar um comentário