Blue Eyes

Blue Eyes

quarta-feira, 18 de março de 2015

Na berma da estrada

Estava uma bela noite.
Quente e prometia ser uma noite fabulosa.
Estava muito sensual.
Os olhos do Mr Blue Eyes brilharam quando olhou para mim…
Agarrou-me com paixão e deu-me um beijo quente e apaixonado.
Saímos em direcção ao carro.
Já tínhamos andado um pouco, quando o Mr Blue Eyes decidiu pôr a mão na minha perna, começando a subir lentamente meu vestido.
Procurou a minha grutinha e acariciou-a por cima das cuecas.
Eu retribui o carinho, colocando a minha mão no pau dele, por cima das calças.
A dada altura, ele decide parar o carro na berma da estrada.
Não perguntei nada.
A razão dele era óbvia…
Era magia do momento.
Olhou nos meus olhos e passou a mão na minha cara, dando-me um beijo forte e apaixonado.
Enquanto me beijava, a mão do Mr Blue Eyes descia pelo meu pescoço até ás minhas mamas duras de tesão.
Estavam enrijecidas.
Tirou o meu soutien, e acariciou-me os mamilos.
Beijava-me loucamente enquanto apertava as minhas mamas duras de tanto tesão.
O meu sexo já estava húmido de prazer.
Mergulhou boca quente e molhada, nos meus mamilos.
Lambeu e chupou.
Estava faminto, deixava-me cada vez mais louca.
A mão dele foi descendo até à minha gruta.
Enfiou a mão por debaixo do meu vestido, e puxou as minhas cuecas até cair nos meus pés.
Afastou as minhas pernas e tocou no meu clítoris.
Começou a fazer umas massagens circulares, que levavam-me à loucura.
Estava no auge, pedi-lhe que parasse.
Queria dar-lhe prazer e senti-lo na minha boca.
Comecei a acariciar-lhe o pau, por cima das calças.
Senti que já estava duro. Desapertei o botão e o fecho, e tirei aquele mastro para fora. Envolvi-o com a minha mão e iniciei um delicado movimento de vaivém.
Ao beijá-lo, senti a sua respiração ofegante.
Louca por mamar aquele pau, os meus lábios deixaram os dele, para abocanhar aquele pau do meu desejo.
Deixei-me ficar alguns minutos a saborear os líquidos que escorriam daquela fonte de prazer.
Ao sentir que se aproximava do auge, interrompeu-me.
Saiu do carro, e abriu a minha porta e puxou-me para o exterior.
Apertou o meu corpo com o dele, devorava o meu corpo com a boca, desejosa de mim. Deitou-me no chão, e amou-me ali no asfalto, atrás do carro.
Ensopados de suor e luxúria.
Penetrou-me com fúria e consumiu-me com fervor, levando-me a outro mundo. O orgasmo não tardou a surgir, em simultâneo.
O culminar do nosso desejo e do nosso amor.
Levantou-me do chão, e virou-me de frente para o carro. Levantou o meu vestido, já colado ao meu corpo, e com uma das mãos acariciou o meu o rabinho, enquanto outra acariciava os meus mamilos.
A boca do Mr Blue Eyes estava ofegante, devorava-me com beijos loucos e quentes.
Senti o pau a entrar dentro de mim, agora com mais suavidade, cravou as mãos nas minhas ancas e penetrou-me mais profundamente.
Subitamente senti um prazer louco a percorrer o meu corpo.
Ouvi os gemidos dele, e quando dei por mim, gritava que nem uma louca.
Ali atrás de um carro, na berma da estrada.
Culminámos de prazer, e deixei-me cair contra o carro.
Ele deixou o seu corpo apoiado nas minhas costas, por breves minutos.
Entrámos no carro completamente exaustos.
Trocámos carícias, beijos apaixonados e palavras de amor.
Sentimo-nos felizes e loucos, por vivermos a mais uma aventura.
Foi maravilhoso…

Sem comentários:

Enviar um comentário