Blue Eyes

Blue Eyes

terça-feira, 31 de março de 2015

O corpo que suplica

Entregue ao prazer!
Carregas um desejo na serenidade do teu poder.
Desafias... 
Arejo a tua carne num pedaço de ar novo que entra sem denúncia.
Olho-o.
Encaro-o de frente na sombra de uma luz.
Fixo-o. 
Entregas-te sem deriva ou destino que te faça recuar.
Obedeces na imensidão de um prazer inteiro que desejas sentir.

Sem comentários:

Enviar um comentário