Blue Eyes

Blue Eyes

terça-feira, 31 de março de 2015

O desejo aumenta

Os toques...
Lascivos...
Libidinosos.
Inspira a excitação da carne...
A necessidade de múltiplas carícias.
O teu corpo exige.
O prazer...
Um desejo que não se verga.
Um orgasmo grotesco que cresce e desce pela minha carne abaixo.
Uma luxúria sem limites.

1 comentário:

  1. abri a porta e estavas sentada no sofá...de olhos fechados roçavas as mão em ti...olhei-te e desejei-te...diferente não era expectável...beijei-te...abriste os olhos e sorriste...entrei em ti e fiquei!

    ResponderEliminar