Blue Eyes

Blue Eyes

terça-feira, 24 de março de 2015

Palavras obscenas.

Ele subitamente empurra-me, pressiona-me contra a parede...
Beijando-me com vontade.
As mãos dele percorriam o meu corpo, começou a passar a língua pelos meus mamilos, e a chupar delicadamente, colocou a mão por dentro das minhas cuecas e notou que eu já estava molhada.
Brincou com o meu clitóris, e colocou um dedo dentro de mim, fazendo-me gemer.
- Sua putinha!
Eu sei muito bem o que tu queres.
Ele abriu as calças, eu ajoelhei-me e passei a minha língua por toda a extensão daquele pau, ele gemeu.
-Chupa sua putinha.
Chupei com vontade.
Ele foi descendo pelo meu corpo, a beijar-me, a lamber-me, até que chegou no meu clitóris.
Alternava entre lambidas e chupadinhas, enquanto colocava um dedo dentro de mim.
- Vem-te para mim sua putinha. Quero ver-te a explodires na minha boca.
Não conseguia conter os gemidos...
Explodi intensamente, e ele só tirou a boca quando o meu corpo se acalmou.
Ele beijou-me e deitou-se ao meu lado.
Encaixou o pau dele na minha coninha toda húmida, e deslizou devagar.
Agarrava nas mimas mamas tesas...
-Vai putinha, fode!
Prontamente obedeci, comecei a foder como uma puta com o cio, e logo logo, explodi de prazer, deixando os meus liquidos colados ao caralho dele.
Ele ao sentir o meu orgasmos levantou-se e veio-se para a minha cara... adorei.

1 comentário: