Blue Eyes

Blue Eyes

terça-feira, 31 de março de 2015

Toques atrevidos

O meu membro teso.
Descontrolado...
O meu caralho quer enterrar-se todo dentro de ti.
Duro e molhado a entrar e sair da tua vagina encharcada em estocadas vigorosas que te faziam gemer sem limites.
Todo o peso do meu corpo enterrava-se no teu vulcão em erupção que tanto prazer me proporciona.
Fornicava-te cada vez mais depressa...
Apertava os bicos das mamas...
Sinto-te tão húmida, sinto-te excitada, sinto-te pronta para explodir.
Assim e em perfeita sinfonia com os teus gemidos, continuo o meu vaivém desmesurado e num ápice desfaleces num mar de fluídos excessivos e intensos, que comprovam o teu prazer.
O teu ar de satisfação ao ver-te saciada.
Tomas conta dele...
Partes agora em busca do meu orgasmo...
Já com a boca perto do meu caralho firme, faço-te entender as minhas pretensões.
Enfias o caralho pela boca adentro.
Inteiro...
Louca de prazer de o sentires todo de uma só vez, até engasgares.
Chupas, enquanto um fio de saliva sai pela tua boca. 
Sobes e desces sobre o meu pau duro.
Sinto o meu corpo estremecer. Sinto o meu prazer ostentado num orgasmo que te rega a boca com um líquido abundante e agridoce...

Sem comentários:

Enviar um comentário