Blue Eyes

Blue Eyes

terça-feira, 28 de abril de 2015

Continua por favor !

Ali começou...
A despir-me loucamente!
Eu estava louca...
Começou a morder-me o rabo, a lamber-me.
Eu gemia!!!
Beijava-me as costas...
E dizia baixinho :
- Vou-te foder-te toda...
O meu corpo estremecia tanto...
Não aguentei.
Queria senti-lo duro, dentro de mim.
Beijavamos e senti o pau dele.
Brutalmente duro.
- Fode-me , fode-me é tão bom. fode-me.
Estava completamente excitada com tanto tesão, só de o sentir.
Penetrou-me!
Gemi...
Como é bom sentir aquele prazer.
Não aguentei...
Vim-me loucamente...
Gritei... gritei... Gritei.
Com ele dentro de mim.
Agarrou-me nas mamas e começou a tocar-me...
- Vem-te mais uma vez.
Que loucura...
Escorríamos suor...
- Tu dás cabo de mim.
Tão bom, ouvir-te a gemer.
Como gosto que me fodas.
Tu pedias-me:
- Vem-te... vem-te...
Só se ouviam os nossos gemidos , e gritos....
Sentia-me completamente preenchida, cheia de prazer, o meu corpo estremecia sem parar , era-me impossível não gemer ávidamente.
Pedi-lhe :
- Vem-te na minha boca , quero o teu leitinho, todinho, coisa boa.
Ele já aguentava mais.
Rebentou! Num grito, veio-se todo na minha boca.

Sem comentários:

Enviar um comentário