Blue Eyes

Blue Eyes

segunda-feira, 6 de abril de 2015

Dominado pelos movimentos

Eu não gosto de ser dominado, pelo contrário, adoro ser dominador!!!
Miss Blue Eyes tem uma forma incrível de deixar que uma pessoa se senta dominado..
Saia do banho, enrolada numa toalha bem curta, o cabelo molhados, os seios à mostra bem rijos.
E ficou ali, simplesmente parada a olhar para mim, desviou um pouco a toalha e deixou-me observar a sua coninha.
Uma coninha linda, depilada...
Ela não dizia nada, simplesmente contemplava a minha cara de desejo…
Depois, com dois dedos abriu a ratinha, deixou-me ver aquele vermelho delicioso.
Com a outra mão agarrou num dos mamilos, e apertou-os e acariciou até ficarem bem rijos, bem tesos.
Eu fiquei simplesmente a arder de tesão!
Que tesão doido, só de ver aquela cena.
Ela acariciava o clítoris, gemia de prazer.
Colocou dois dedos bem dentro dela e começou a fazer movimentos, fechou os olhos e atirou com a cabeça para trás, gemia de prazer e dizia:
- Olha o que vai ser teu.
- Ele está à tua espera….
- Espera mais um pouco e terás prazer e mais prazer…
Esperar aumentava a minha ansiedade, ia-me aumentando o desejo, ela gemia, arfava, gritava pelo o meu nome, mordia os lábios…
De repente chamou-me:
– Vem, vem me foder, não aguento mais…
Aproximei-me dela, encostei o meu peito ás mamas dela, ela agarrou-me nas mãos e eu segui o seu ritmo, deixei-me que ela guiasse as minhas mãos por aquele corpo suave…
Beijei-a suavemente, e procurei o pescoço dela com os meus lábios quentes…
Ela encostou-se à parede dobrando-se suavemente á procura do meu pau duro e começou a esfregar-se nele, parecia uma cadela com o cio.
Agarro no meu caralho e de uma estocada só enfiei ele todo até ao fundo… Depois fiquei estático, deixando que ela se movimenta-se ao seu ritmo.
Ela apoiou-se na parede...
Enquanto o meu pau entrava e saía furiosamente de dentro da cona dela....
Ela pedia:
- Fode-me mais e mais, faz de mim a tua puta, enfia-o todo, adoro sentir os teu colhões a bater na minha cona….
Tudo isso intensificava a vontade de a possuir mais e mais.
Gritavamos de prazer, eu sentia o suor a escorrer pelo meu corpo…
De repente ela vem-se num orgasmo brutal, intensifiquei os movimentos quando ela, jsaí e coloca-sede joelhos á minha frente e começa a engilir o o meu caralho!!!
Eu agarrei no cabelo dela para trás só para ver toda aquela cena…
Ela olhava-me com um desejo enorme de sentir o leite todo na boca, chupava, lambia voltava a chupar…
De repente ela fixa os olhos dela nos meus, isso fez-me percorrer um choque eléctrico, e vim-me todo na boca dela, via-a a engolir aquele leitinho todo, a continuar a chupar o meu pau a provocar-me arrepios incessantes, e a tirar um prazer enorme.

2 comentários:

  1. Há provocações impossíveis de se resistir.. Sabe tão bem sucumbir ao prazer ;)
    V.

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Então não é???
      Hum... é tão bom..
      adoro
      Bjs Blues

      Eliminar