Blue Eyes

Blue Eyes

terça-feira, 7 de abril de 2015

Foder, foder, foder...

Fui sentar-me junto da Miss Blue Eyes, e começámos a beber...
De repente ela levanta a saia e começa a tocar-se, eu fiquei a olhar, a apreciar aquele momento…
Estava a adorar a ver a cara dela, o modo como se esfregava, e comecei a fazer o mesmo…
Tirei o caralho para fora e com uma mão comecei-me a tocar, continuamos assim os dois….
De repente ela agarra no meu pau com as duas mãos e começou a esfrega-lo, debruçou-se e começou a lamber, a passar a ponta da língua na cabeça dele, descia e chupava-me os colhões, depois subia e passava a língua por ele todo como se estivesse a lamber um gelado…
Metia-o todo na boca e chupava-o, enquanto isso, com uma das mãos continuava a tocar-se e a gemer.
Deitou-se de lado e eu deitei-me em seguida por trás dela, ela desviou as cuecas e pediu para lho enfiar assim mesmo.
Enquanto ela dobrava os joelhos sobre o peito, eu enterrei-lho todo, o meu caralho deslizou até ao fundo. 
Que cona deliciosa, enfiava-lho todo pela rata a dentro, a minha mão ia deslizando dentro das cuecas dela, mexendo no clítoris.
Depois subia para lhe massajar as mamas, ela gemia e pedia para lhe enfiar mais e mais.
De repente começou a gritar:
- Fode-me por favor!!! Fode-me como nunca fodeste ninguém… espeta-me esse caralho!!! Dá-me o teu leitinho todo!!!
Nessa altura comecei a sentir o meu caralho a ser chupado pelos músculos da cona dela.
Que cona boa que a Miss Blue Eyes tem, chupava-me o caralho todo...
Miss Blue Eyes colocou a mão dela atrás de mim e começou a empurrar-me cada vez mais para ela, até que eu esporrei-me todo de tanto tesão.
Ela ficou a gritar feito doida, a tremer e a gemer…
Ficamos ali uns minutos, a sentir o calor e os liquidos um do outro..
Ela levantou-se e disse-me:
- Hoje vais ter de matar a fome toda..
- A minha cona está a pedir muita carne, muita foda, muito sexo, muito leitinho…
Ela deitou-se de barriga para baixo, abriu as pernas e levantou um pouco a o cuzinho para eu me encaixar.
Depois de me encaixar nela, ela desceu com o meu caralho já bem metido lá dentro.
Ai eu sentei-me em cima das nádegas dela a apoiar as minhas mãos nas costas dela e com os meus joelhos a apertar-lhe os flancos…
Comecei a enfiar-lhe de novo, eu enfiava cada vez mais rápido e mais fundo com a Miss Blue Eyes sempre a pedir:
– Mais!!!! Dá-me mais!!! A minha cona quer tudinho!!!! Maissssssssss!!!!!
Aí a Miss Blue Eyes quis se colocar de costas, bem aberta, e pediu que eu a monta-se de frente.
Ela levanta as pernas, e eu bem encaixado a enfiar-lhe a piça pela cona enquanto ela me abraçava…
Estava quase no ponto de se vir, e começou a pedir o meu leitinho…
Eu comecei a fode-la mais rápido até que ela se vei-o toda e eu com aquele tesão todo esporrei-me de novo, não aguentei a pressão daquela cona a apertar o meu caralho.
Paramos um pouco, eu já estava todo roto, já me doía tudo, até o caralho, já o sentia esfolado, mas ela não parava!!! 
Estava sempre a tocar nele, a mexer, a lamber, a fazer umas festinhas, até que ele levantou-se…
Assim que ela sentiu que o meu caralho já podia entrar de novo na cona dela, tratou de saltar para cima de mim e continuar mais uma foda até nos virmos os dois de novo.
Depois acabei por adormecer  de tão estourado que estava!!!
Na manha seguinte continuou…
A Miss Blue Eyes estava com uma fome dos diabos, só queria foder, foder e voltar a foder!!!

1 comentário:

  1. Boa tarde. Visitar este fantástico blogue é sair daqui a ferver. Lindas imagens condizentes com a luxuria e sedução do texto
    ......................................................
    Noutro contexto: O que pensa(m) sobre o sexo em grupo?
    Aqui: http://deliriosamoresexo.blogspot.pt/
    Grato pela atenção

    ResponderEliminar