Blue Eyes

Blue Eyes

quarta-feira, 1 de abril de 2015

Gozos, delírios e êxtases

Numa carícia leve tocas-me...
Um gesto meigo. 
As minhas mãos procuraram o teu corpo.
A minha boca cola-se à tua num beijo quente e lambuzado.
Cheira-me a sexo.
Duro, que tu colocas-te fora das calças. 
Eu fui invadida por dois dedos que rapidamente se enterram na minha vagina palpitante.
Estava toda encharcada...
A vontade dominava-me.
O teu pau rijo no máximo de tesão.
A minha língua desliza sobre o teu pau e saboreio a tua glande apetitosa.
Sou gulosa!
Chupei-te na tua extensidade.
Saboreei cada gota do teu prazer.
Os teus dedos enterrados dentro de mim.
Ora apertados, ora abertos...
Que vontade louca de foder...
As minhas mamas eram beijadas, os meus bicos estavam bastante tesos e salientes.
Os teus dedos abrem caminho.
Abrem um buraquinho quente e pronto para ser bem penetrado, da forma como eu tanto gosto.
Vou receber-te entre suspiros e gemidos...
Finalmente sou possuída!
A tua carne fode-me as entranhas alagadas...
Deixas-me estourada...
Não consigo controlar os meus orgasmos...
São uns atrás dos outros..
Grito, gemo, choro de prazer...
Que foda digna!
Por fim vens-te num grito animalesco...

1 comentário: