Blue Eyes

Blue Eyes

sexta-feira, 10 de abril de 2015

Não aguentei

Estacionei o carro debaixo de uma árvore...
Saímos...
Tirei a parte de baixo da roupa dela.
Ela apoiou-se na árvore.
Eu abri as pernas dela e comecei a foder aquela gruta bem devagar.
Enfiando aos poucos.
Até entrar todo.
Ela começar a mexer-se no meu pau.
Ela estava totalmente solta e a vontade.
Atirava o corpo dela contra meu.
Agarrei-a pela cintura e enterrei o meu pau todo naquela cona húmida.
Ela gemia, gritava.
Estava cheio de tesão, ia explodir..
Então ela ajoelha-se, e começa a chupar-me o caralho..
Não aguentei...
Esporrei-me todo na boca dela.
Ela engoliu tudo enquanto olhava para mim.
Escorreu um pouco de esporra pelo canto da boca dela, foi lá com os dedos e chupou os dedos de esporra.
Não desperdiçou nada.
Após a Miss Blue Eyes chupar e engolir tudinho, colocou-se de costas para mim e apoiou-se na árvore.
Enfiei o caralho uma só vez na gruta da Miss Blue Eyes, onde gemia e gemia de prazer...
Ela já não aguentava mais, deliciava-se com tanto prazer...
Era um vai e vem frenético.
Bombava forte naquela cona...
Ela gemia, gritava..
Aumentei o ritmo das estocadas na cona da Miss Blue Eyes, que gemia, até não aguentar mais e explodiu de prazer..
Todo o corpo dela tremeu... tinha ficado sem forças...
Eu continuava a comer aquela cona deliciosa, com força...
Ela começou a gemer ainda mais alto...
Não aguentei de tanto tesão, e explodi de prazer, dentro daquela gruta deliciosa.
Ali todos nus, debaixo da árvore.

Sem comentários:

Enviar um comentário