Blue Eyes

Blue Eyes

quinta-feira, 16 de abril de 2015

O teu sabor

A minha respiração ofegante, cheia de desejo e tesão.
O teu calor entra no meu corpo...
Senti-lo a endurecer na minha boca...
Vou saboreando.
A vontade fica mais gulosa e mais intensa.
- Hummmm tão bom ... senti-lo na minha boca.
- Que prazer.
O teu sabor vai inundar a minha boca.
Estou a escorrer de desejo...
Dás um tesão enorme!
Enchia a tua verga de saliva, de cima a baixo, lambendo-o num todo, chupando a cabeça como eu tanto gosto.
Adoro sentir o teu sabor, ouvir os teus gemidos a tua inquietude.
- Deixa-me entrar dentro de ti, disse o Mr Blue Eyes.
- Deixa-me sentir-te.
- Sim, deixo...
Agarraste-me, acariciaste-me as minhas mamas..
Muito de leve, enlouqueceste-me, desceste com a tua boca.
Senti a tua língua devorar-me...
O calor subia...
Não me conseguir controlar.
E tão bom sentir que o meu orgasmo se aproximava e muito rápido..
Os gemidos saíam da minha boca sem conseguir parar...
O orgasmo ganhou poder no meu corpo, começou a ficar firme, rijo.
Deu-se a explosão!!!!
Levou-me a dar um grito profundo e que me fez cair para o lado...
Pediste para colocar-me de quatro...
A tua verga entrou dentro de mim...
Hummmmmm como é tão bom sent.
Fodes-me tão bem..
Como eu adoro foder contigo, deixas sempre ir aos limites.
- Anda fode-me toda, fode-me fode-me fode-meeeee....
O teu corpo era um furacão junto do meu..
Movia-se com uma intensidade enorme...
Só queria sentir-te todo a entrar e sair.
A tua respiração aumentava...
O tesão aumentava, aumentava, o prazer também, já dava mostras do que estava para vir..
Estava mais perto, contraia-me toda...
Agora já fodia a tua verga, movia-me de uma forma louca , o orgasmo tomou-me de
e uma forma violenta...
Gritei gritei gritei....
Ouvi o teu hummmmmm....
O teu prazer, o teu mel, o teu mais precioso bem inunda a minha gruta..
Deste as estocadas finais, e eu gritei, gritei de prazer....
Por fim agarro-me a tua verga e chupo como uma louca, como fome do teu liquido e do meu..
Por fim demos um beijo apaixonado.

Sem comentários:

Enviar um comentário