Blue Eyes

Blue Eyes

quarta-feira, 15 de abril de 2015

Provocante e excitada

Surpreendida e excitada, comecei a tirar a roupa de forma provocante. Mr Blue Eyes assistia encostado à parede.
Tiro a saia e viro-me de costas deixando-a cair lentamente aos pés dele.
Estava de soutien e cuecas.
Ainda de costas, tiro o soutien e de seguida as cuecas que caem muito lentamente, deixando-o apreciar o meu pedaço de cona.
Estava a ver acona já molhada, as mamas com os bicos durinhos.
Ele já estava teso.
Completamente excitado...
Aproximou-se de mim e encostou o pau duro às minhas nádegas, e leva as mãos às mamas.
Estava a gostar...
O caralho duríssimo, conforme podia comprovar com as minhas mãos que o apertaram.
A minha cona estava a ser apalpada pelas mãos do Mr Blue Eyes.
- Estás mortinha para que te foda.
Dizia-me ele ao meu ouvido...
- Vem-te para mim, vem-te...
Ele enfiava os dedos dentro de mim, e tocava-me no clítoris.
Estava a ser dominada por ele, não conseguia conter os meus gemidos.
Começou a chupar-me as mamas, mordias, lambias, apertava os bicos com força e eu gemia de prazer.
- Quero que sejas a minha puta. Quero que chupes o meu caralho, para depois te foder até não aguentares mais.
Ele agarra no pau, segura-me na cabeça e empurra-a na direcção do caralho dele...
- Chupa minha puta, eu sei que tu gostas de tê-lo todo dentro dessa boca linda...
- Chupa mais, isso, assim...
- Hummm, que me fazes vir, é isso que queres, não é?
Não me importava com mais nada, queria apenas sentir aquele tesão dentro da minha boca...
Pouco depois, tira-me o pau da boca, e faz-me sinal com a cabeça para me levantar.
Levanta-me as pernas, estou toda molhada, e com a língua vai lambendo o meu clítoris inchado enquanto que um dedo fode-me a cona.
- Fazes-me me vir, sim... não pares… isso... fode-me com os dedos...gostas que eu seja a tua puta?
-Mete todo na minha cona... isso... até ao fundo... porque depois vou querer esse caralho a abrir a minha cona toda.
A língua dele  devorava cada centímetro da minha cona.
Lambia todos os líquidos que escorriam de dentro de mim.
Eu grita, gritava de tesão e de prazer...
Ao sentir que o meu orgasmo estava a chegar, agarro-lhe na cabeça com toda a força, obrigando com que aquela língua ía demorar-se no interior da minha gruta. 
Louco de tesão, ia dizendo:
- Quero-te foder, minha puta...
- Anda, minha puta!
Monta-te aqui, rápido.
Virando-me para ele, começo a sentar-me e a enterrar aquele pau na minha cona.
O caralho do Mr Blue Eyes ia entrando devagar...
- Gostas de foder assim…cabrão…gostas
- Tu gostas que te coma essa cona….. ui está tão apertadinha…… estou todo lá dentro.
- Geme cabra… assim … gostas?
- Que caralho bom… que tesão... aaaaaaiiiiiiiii…
Eu aumentava o ritmo, deixando-me ser preenchida pelo meu macho.
Aaaii… cabrão … que me rasgas toda … anda… mexe-te ... não pares.
Venho-me toda, todo o meu corpo treme...
Umas estocadas mais fortes e uns gemidos mais profundos anunciavam o fim.
- Estou-me quase a vir minha puta... vês o que me fazes...
Ele agarra-me no corpo como que não o quisesse deixar fugir enquanto me manda jactos de esporra para dentro de mim.
Eu gemia alto, por ter aquele caralho enterrado na minha cona a dsr-me o leitinho..


Sem comentários:

Enviar um comentário