Blue Eyes

Blue Eyes

quinta-feira, 7 de maio de 2015

Todos os prazeres

O pénis duro na luxúria, na ânsia do tesão...
É um delírio, um abalo de nervos que cresce...
Seja no cu na cona na boca ou na mão.
O cu entre as nádegas sensuais redondinhas...
Macio na entrada, apertado que se dilata...
Palpita ao toque do pénis seduzido.
Entra no cu excitado...
Logo sente o aperto.
Aperta na entrada e saída..
Tudo explode dentro dele.
Na boca o pénis é a sedução.
A língua em volta da glande...
A boca e os lábios que abocanham
Chupam o quente ou frio...
Que dele retiram a resina que irradia...
Os lábios da boca saboreiam a fantasia.
Absorvem todo o pénis.
Mas é a língua que trabalha...
A vagina é um mundo...
Que provoca...
A vulva, o clítoris, os folhos perfumados...
O odor do cio que evoca por um pénis.
Os orgasmos simultâneos...
Doce sensação!
Todos ganham... A cona, o cu, a boca a mão... Que tentam calar a dor de tesão do pénis. Todos os prazeres!

Sem comentários:

Enviar um comentário