Blue Eyes

Blue Eyes

quarta-feira, 24 de junho de 2015

O caminho do prazer

Duas amigas revelam os seus desejos em descobrir o caminho do prazer...
Muito atraente, curiosa, não resisti e acariciei as pernas dela ali mesmo, por debaixo da mesa!
Sentada ao lado.
Suavemente senti então a mão a me tocar também nas minhas pernas.
Decidimos saímos para um canto mais escuro. Já tomadas pelo desejo, trocamos um longo beijo. Senti então uma mão que me levantava a saia enquanto apalpava o meu rabo. Outra mão já tocava-me num seio por baixo de do vestido.
Em retribuição, retirei-lhe o vestido curto, ao mesmo tempo que lhe dava alguns beijos naquele corpo. Não queria mais parar!
Apenas de lingerie, deitamos na cama, e demos um forte abraço e muitos beijos.
Começou a descer no meu corpo, e beijava todos os cantos, deixando arrepiada de prazer.
O meu corpo todo tremia de tanto tesão!
Senti então a língua por cima das minhas cuecas,juntamente com alguma mordidelas.
Sinto as cuecas a serem retiradas e a língua dela deu uma lambidela por toda a minha grutinha, parando no meu clitóris.
Já não aguentava mais, e comecei a vir-me, gritando e tremendo como uma louca.
Tudo de forma tão intensa.
Eu precisava de provar corpo dela.
Ao lado, dei-lhe um beijo, enquanto a minha mão o corpo e chega a grutinha dela. Comecei a acariciar, senti todo o seu tesão na ponta dos meus dedos. Mesmo por cima das cuecas, com aquele tesão todo, retirei-as, queria senti-la toda para mim.
Senti o grelinho a crescer entre os meus dedos. Senti os meus dedos molhados.
Desci, beijei os seios dela, chupei, lambi, e continuei a descer até chegar com a minha língua á gruta molhadina.
Beijei-lhe as coxas, e mordisquei-lhe carinhosamente o grelinho.
Ela ali, com o corpo totalmente relaxado.
Comecei a chupar aquele grelinho delicioso.
Chupei todo o mel que saía daquela mulher. Quando senti que ela ia explodir de prazer, passei os meus braços por baixo das pernas dela, agarrei.a pela cintura e apertei ainda mais, a minha cara, a minha boca contra a vagina. Foi delicioso sentir estremecer e cair diante da minha boca!
Fiquei doida de tanto tesão, gemia que nem uma louca..
Mas que delicia foder aquela gruta com a minha língua...
Gemiamos como umas putinhas com o cio..
Aí fizemos um 69, e eu vim-me na boca dela 2 vezes e ela mais uma em mim e depois ficamos a lamber-nos a gruta uma da outra, até absorvermos todo o nosso néctar que dávamos uma à outra.

2 comentários:

  1. Imagens doces e carinhosas.
    ......................
    Hoje também apresentamos um Tema e imagens sobre o amor entre lésbicas. Gostava que visitassem e conferissem.
    ........ http://deliriosamoresexo.blogspot.pt/ .........
    Deixo cumprimentos.....

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. tão doce é o sabor que eu tanto gosto...
      Bjs Blues

      Eliminar