Blue Eyes

Blue Eyes

segunda-feira, 20 de julho de 2015

Os movimentos...

Comecei a beijá-la. Uns beijos daqueles, bons, longos e intensos e uma mão mais atrevida, aqui e ali.
Os beijos e as carícias começaram a intensificar-se e passado um bocado já estávamos os dois completamente despidos e eu a lamber a cona húmida dela e com um dedo a provocar-lhe o botãozinho de rosa...
Deliciei-me a lambê-la toda...
Porque eu adoro lambê-la, adoro sentir o sabor dela na minha boca, adoro provocar-lhe aqueles gemidos, enfim...
Adoro dar-lhe prazer. 
- Quero esse teu caralho.
Deslizei para dentro daquela cona, apertada, gostosa... deliciosa. É uma sensação tão boa, física e emocionalmente.
Sinto o meu caralho a ser pressionado por todos os lados e depois o saber que estou ali, a foder-lhe a cona molhadinha e apertadinha...hummm é de mais.
Deixa-me em tal estado de excitação... bem, não foi preciso muito para ficar perto do orgasmo.
Ela pede:
- Vem-te, vem-te todo na minha cona...
Não foi possível aguentar mais, rebentei de prazer, assim, dentro dela. Foi bom, foi muito bom, foi... excelente.

Sem comentários:

Enviar um comentário