Blue Eyes

Blue Eyes

terça-feira, 28 de julho de 2015

Provocações

Adoro provocar-te. Sabes isso, não sabes?
Dar-te beijos de fugida nesses lábios quentes. Mordiscar as tuas orelhas e passar a minha língua nelas, ao de leve.
Gosto de te deixar assim, expectante, sem saber se vou parar ali ou se vou mais longe.
Gosto de te deixar a respiração pesada, de te deixar grande e duro, a latejar dentro das calças.
Gosto de enfiar uma mão nas tuas calças e passar um dedo pela tua glande, tão molhada. Tirar o dedo e sentir o teu cheiro, e enfiar o dedo na minha boca e chupá-lo com cara de cadela. E de parar, deixar-te suspenso, voltar ao que estava a fazer antes.
É uma tortura.
Queres enfiar um dedo em mim e sentir-me quente e húmida.
Quando seguras-me pelos braços, viras-me de costas e  encostas-me bruscamente contra uma parede.
Gosto!!!!!
Quando tu desapertas as minhas calças e as desces...
Quando afastas as minhas cuequinhas e assim, atrás de mim, começas a abrir os meus lábios, a passar o dedo pelo meu rabo, a ameaçar enfiá-lo mas sem o fazer.
Não ainda...
Gosto que puxes as minhas ancas para trás, que me deixes segura na parede só com as mãos, para poderes lamber-me toda por trás.
Gosto da lambidela, de leve, que vai do meu clitóris ao meu rabo.
Gosto da tua língua à volta do meu botãozinho apertado.
Que enfies a língua na minha coninha molhada, que a tires e a leves ao meu clitoris e que o chupes, enquanto enfias, agora, a pontinha do dedo no meu rabo.
Deixa-me tão molhada, ai esse dedo...
Adoro quando tiras de dentro dos boxers o teu caralho duro.
E começas  a deslizar para dentro da minha coninha encharcada.
E, de uma vez, enfias esse caralho delicioso todo dentro de mim, fazendo-me gemer...
Dás-me algumas estocadas furiosas e violentas. Vens-te como um animal furioso dentro de mim.
Deixas-me quente, molhada, com as pernas a tremer.
Adoro receber-te assim!!!!

Sem comentários:

Enviar um comentário