Blue Eyes

Blue Eyes

sexta-feira, 11 de setembro de 2015

Na minha boca

O som dos meus dedos encharcados, que penetravam a Miss Blue Eyes deixavam-na em êxtase.
Ela soltava gemidos enquanto olhava para mim.
Os meus pensamentos não paravam:
Miss Blue Eyes vem para cima da minha boca...
A minha língua não parava de penetrá-la, cada vez mais fundo, enquanto ela gemia alto.
A cabeça caía para trás...
Tocava nos seios, mordia-os, sentindo cada biquinho a endurecer...
- Sente isso, sente! 
Estás tão molhada. Não é bom?
Aquele olhar,  deixava-me louco. 
A suavidade das minhas mãos, faziam-na tremer.
Ela fazia movimentos para cima e para baixo com meus dedos embebidos pelo  prazer dela.
Eu queria penetrá-la, possuí-la ali mesmo!
Miss Blue Eyes afastou as pernas, nua por inteiro, e, num ato de poder puxou a minha cabeça de encontro àquele sexo quente maravilhoso. 
Os seus gemidos eram a sinfonia perfeita para a minha melodia.
Ela mexia os quadris tão pornograficamente na minha boca e eu a chupava mais...
Enfiei dois dedos, ela contorceu-se, implorando por mais. 
Eu não queria sair dali...
Queria ficar embebido por aquele corpo magnífico.
Miss Blue Eyes tremia com a minha língua descompassada tocando-lhe.
A minha mão estava toda encharcada...
Ela agarrou nos meus cabelos, e gemeu, gemeu bem alto...
libertando todo o seu prazer na minha boca.
Fiquei ali a receber cada gota da sua essência perversa.

Sem comentários:

Enviar um comentário