Blue Eyes

Blue Eyes

segunda-feira, 14 de setembro de 2015

Uma só carne e uma só alma.

Uma dança quente que envolve os nossos corpos.
Que embala, que encanta, que se espalha em toques macios nas nossas peles.
Pele excitada que exprime a vontade de ser devorada, e de devorar.
Vontade que aniquila todo o vestígio de pudor.
Pudor que não existe com tamanha necessidade de te ter.
De te ter de várias formas com múltiplos gozos.
Uma vontade que não cessa.
Que não acaba.
Um tesão inexplicável.
Quanto mais te tenho mais te quero.
É inevitável este desejo...
Penetrar-te muitas e muitas vezes.
Vais sentir a força das minhas mãos nas tuas ancas.
Vou te fazer perder os sentidos, a sensatez. Proporciona-te um deliro de orgasmos.
Nesta luxúria vou... Alimentar-te.

Sem comentários:

Enviar um comentário