Blue Eyes

Blue Eyes

terça-feira, 10 de novembro de 2015

Isto é desejo. É luxúria.

Colocou a mão nas minhas calças, abriu a braguilha e tirou o meu caralho duro para fora.
Limitei-me a apreciar aquelas festas sensuais que tanto me estavam agradar.
- Quero foder contigo! Quero-te foder e quero que me fodas, entendido?!
Entusiasmado, comecei por despir a tanga cuidadosamente mas ela não me deu tempo.
Ela própria puxou-mas para baixo. 
- Deita-te no chão, ordenou.
Obedeci.
A Miss Blue Eyes queria mesmo foder!
Pôs uma perna de cada lado do meu corpo e foi descendo até toda a cona ficar em contacto com a cabeça do meu caralho.
- Gosto de me roçar no teu caralho.
- Vou vir assim, a roçar queres? Diz-me, queres? Queres? Sente o mel a lubrificar o teu caralho, sente fodilhão.
Eu estava simplesmente doido mas deliciado!
Aquela cona sumarenta.
Mas aquele roça-roça estava a excitar-me demais.
- Oh! Gemi!
- Fazes tão bem, isso faz isso, tão bem faz...!
- Gostas? Olha o meu grelo no teu caralho.
- Sim... sim sim sim sim, respondi superexcitado.
- Ah é, gostas. Então vais gostar mais!
Agarrou-me o caralho e apontando-o à entrada da cona.
Ah! Gemeu e enterrou...
- Como é bom sentir a cona preenchida por um caralho como o teu!
Eu estava delirante com os movimentos suaves dela a cavalgar-me.
Miss Blue Eyes aumentou o ritmo dos movimentos para cima e para baixo.
Estava a portar-se como uma puta.
- Fode-me! Instigou-me ela.
- Mexe-te! Sou muito senhora na rua mas muito puta na cama, fode-me, chama-me puta, chama-me a tua puta, fode a tua puta.
- Isso! Fode-me caralho!
Cavalgando-me cada vez mais rápido. Eu estava a sentir um enorme prazer. 
E sabia que não demoraria muito tempo a vir-me. 
- Oh! Gemi já em pleno êxtase.
- Isso! Fode! Vem-te dentro de mim!
- Esporra-me a cona.
As mamas dela estvam bem em frente dos meus olhos, enquanto eu a estocava.
Sentindo uma vontade doida de agarrar aquelas tetas.
Apertei-as, duras e tesudas.
Sentia uma onda enorme de prazer a partir dos colhões.
- Isso! Apalpa-me, fode e aperta-me! Brinca enquanto me fodes com esse teu caralho bom!
Eu estava já completamente doido.
Agarrando com força aquelas mamas, senti uma onda de prazer a subir-me pelo caralho acima.
Venho-me!
- Ohhhh! Vou-me esporrar minha puta.
Gritei, sentindo correntes de líquido a jorrar.
- Vem-te! Vem-te dentro de mim
- Enche-me a cona de leite, fode a tua puta, dá-me leite.
O meu caralho deslizava agora ainda melhor dentro dela, que não parava de gritar:
- Fode-me! Fode-me, que estou quase, também!. Fode-me porra...
Miss Blue Eyes contraia os musculos da cona, vinha-se mas apertava o meu caralho e continuava a foder desalmadamente...


8 comentários:

  1. Sequência de imagens tão doces e maravilhosas-

    ResponderEliminar
  2. aiiiiiiiiiiiiiiiiiiiiiiiiiiiiiiiiiiiiiii que tesão!

    ResponderEliminar
  3. Adoro as primeiras imagens e a última...ė bom demais.

    Jokitas Femininas

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Ai Mente Feminina, estou a imaginar pq...rssss
      Es selvagem na cama.... humm???
      Beijos Blues

      Eliminar
  4. Delícia o conto, muito sensual. Não achei doce, achei bem erótico e muito bom por isso.
    Beijos

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Aita... muito obrigada... ainda bem que gostaste
      beijos blues

      Eliminar