Blue Eyes

Blue Eyes

sexta-feira, 13 de novembro de 2015

O desejo

Desejo-te. Sim. Tu sabes.
De te tocar. Beijar. Falar. 
Sempre soube do desejo que invade, do calor que me rodeia o corpo quando te imagino.
Da vontade que o meu corpo manifesta quando detalho cada toque, a cada beijo.
Isto é prazer.
É prazer aquilo que o meu corpo te oferece.
É prazer tudo o que quero obter do teu.
Degustar cada pedaço de volúpia que tu me fazes sentir.
Sim, tu. Porque é teu o corpo. É a tua boca. São as tuas mãos. São teus os dedos. É o teu sexo que quero sentir excitado contra o meu corpo.
Vejo o prazer.
Isto é desejo. É luxúria.
É desejo sempre que fecho os olhos e a tua boca percorre o meu corpo.
É desejo quando os teus dedos tocam da forma como tu sabes que mais me excita.
É luxúria sempre que a tua boca me leva ao orgasmo. Uma e outra vez.
É luxúria de cada vez que sinto a penetrar o meu corpo.
Com a língua. Com os meus dedos. Com o teu sexo.
Nas posições mais loucas que nos deixam ofegantes, loucos.
É desejo, gemer quando abres a boca e deixo que a minha gruta descarregue nos teus lábios.
Saboreias o meu gosto.
A excitação do meu corpo, deixas-me molhada, pronta para ter mais um orgasmo naquele momento.
Sabes ter prazer comigo.
É luxúria, chupar-te e sentir-te a gemer.
É luxúria não nos impor quaisquer limites ao prazer. Nenhum. Entre nós não há limites.
Tudo isto é prazer. Luxúria. Volúpia. Desejo.
Entrega total.
Ao êxtase.
Quero-te. Sim. Desejo-te.
Quero a tua boca no meu corpo. Quero as tuas mãos a deslizarem na minha pele. Quero a loucura.
Quero ver os teus olhos repletos de desejo. De luxúria. De vontade.
Quero sentir o teu sexo excitado a invadir o meu corpo, pronto para te ter.
Ter-te. Quero ter-te entre as minhas mãos. Quero gemer no teu ouvido. Quero ter-te a penetrar-me. Fortemente. Docemente. Rápido. Lento. Leve. Profundo. Isto é desejar-te.
Quero que me beijes. Que me fodas. Quero que me chupes a cona.
Quero gritar!!!
Queres que a tua boca me leve ao orgasmo. Não uma, mas mil vezes.
Quero ter prazer.
Isto… é desejo. É luxúria. Sem receios. Sem hesitações. Sem dúvidas. Por ti. 
Haverá dúvidas do que te faço? Do que te dou? Do que me dás? Do que me fazes? Do que quero e do que tu queres?
Haverá dúvidas que adoramos foder loucamente...

Sem comentários:

Enviar um comentário