Blue Eyes

Blue Eyes

sexta-feira, 13 de novembro de 2015

Pensamentos selvagens

Estava louca, estava com pensamentos selvagens.
Eu estava toda molhada e ansiosa por foder.
- Querido estou sem cuecas.
Eu sabia o que queria…
Estava cheia de desejo, pronta para foder.
Ele agarrou-me, passou a mão pelas minhas pernas e foi subindo e começou a masturbar-me muito devagar.
A excitação só aumentava, as mamas duras e os bicos espetados.
Eu estava a escorrer e ansiosa por foder.
Coloquei a minha mão nas calças e pude senti-lo endurecer nas minhas mãos, tocando-o e fazendo pressão.
Estava na hora.
Estava pronta para ser bem fodida.
Ele agarrou-me com força.
Chupou os meus bicos com força, deixando-me louca.
Queria aquele caralho dentro de mim naquele momento.
Não podia esperar mais.
Ele penetrou, fodia-me toda, queria mais, mais forte e mais profundo.
Fodíamos loucamente...
Cada vez mais excitados.
Eu vinha-me como uma louca, tinha orgasmos atrás de orgasmos.
Ele esporrou-se todo, respirava em cima das minhas mamas.
Exausto e satisfeito.
E eu super satisfeita…
Senti que a minha humidade voltou.
E o caralho quente estava de novo encostado entre as minhas coxas, nos lábios da cona..
Abrir-me... Entrou todo.
Estava novamente a foder-me toda, de forma selvagem.
Mordia as almofadas a cada orgasmo.
Senti a esporra dele a inundar a minha cona...
Adormecemos com ele metido dentro de mim.

Sem comentários:

Enviar um comentário