Blue Eyes

Blue Eyes

terça-feira, 15 de dezembro de 2015

A magia de um broche

Era sexta-feira, e eu queria senti-lo bem dentro de mim com a intensidade que me habituou.
Dei-lhe um beijo na boca.
Ajudei-o a despir e quando estava nu, agarrei naquele pau delicioso e meti na boca por uns momentos.
Eu estava muito molhada e cheia de tesão. Queria foder, precisava de foder.
Inclinei-me sobre ele e num broche muito lento deu-se a Magia!
O desejo caiu todo naquele pau fazendo-o endurecer como eu tanto gosto.
Crescia e engrossava.
Lindooooooooo.
Mr Blue Eyes puxou-me para ele e começou a fazer um minete de sonho enquanto eu o mamava.
Começou a dar sinais que se viria, e eu lambia e chupava aquela cabecinha.
Numa contracção fortíssima encheu-me a boca de néctar bem quente.
Obviamente, eu não estava satisfeita e ele sabia disso.
Recuperou por um momento, e em seguida, começou a lamber novamente a minha gruta e o buraquinho do meu cu...
Dois dedos começaram a penetrar a minha gruta, e sem esperar muito pôs-me de quatro.
Com o cu bem empinado para ele, começou a foder-me lentamente.
Que prazer indescritível!
- Vou-me vir queres ?
- Amor enche-me a gruta, vai...
Senti o caralho ir ao fundo, fodia-me sem parar, com estocadas atrás de estocadas.
Explodiu!
Tinha leite no meu buraco.
Deitei-me ao lado dele. Limpei-lhe o pau com os meu lábios.
Que noite!!!

5 comentários: