Blue Eyes

Blue Eyes

sexta-feira, 11 de março de 2016

A máscara

Despidos...
Os nossos corpos desejavam tocar-se infinitamente.
Na escuridão!!!
Ambos tínhamos uma mascara.
Aproximo-me de ti e aprecio os teus lábios, sedentos...
Os meus lábios aproximam-se dos teus e começas a sentir o calor deles perto dos teus.
Toca-me anda!
Começas então a percorrer o meu peito lentamente.
Queres tocar no meu caralho, duro.
O teu corpo começa a contorcer-se levemente...
O tesão não era só teu mas também meu.
Tu delicias-te com o calor da minha língua nos teus mamilos, a rodea-los e lambe-los.
A mordisca-los como tu tanto gosta.
Gostas de apreciar a minha língua na tua boca, com beijos longos e profundos.
Noto que contrais a cona!
Sempre com as mascaras a esconder os traços profundos, só desejo!
Ordeno-te para abrires as tuas pernas.
Vou foder o teu pedaço de corpo mais quente.
Ias ser demoradamente fodida!
Mexes na cona molhada.. No teu clitóris.
Acaricias-te devagar e o nossos corpos juntam-se um ao outro, tu por cima de mim.
Muito putinha como gosto.
Conquistado pelos teu tesão.
Engoles-o o meu caralho com suavidade e gentileza, sem pressas!!!
Um tornado de desejos saem dos nossos corpos!
Sem esperar tu dizes:
- Vá fode-me caralho, fode-me!!!
Eu rendido, aceito e tu abres as pernas com toda a tua alma e montas-me.
Fazes um movimento de penetração tão intenso.
Sobes e desce cavalgando loucamente, fodendo com toda a ânsia de uma mulher fogosa e tesuda.
Explodes!!!
Estamos tão quentes...
Envolvemonos num momento intenso de sexo!
Com movimentos lentos e rápidos até que sinto bem dentro de ti.
- Vem-te foda-se vem-te caralho deixa escorrer minha putinha.
- Quero-se sentir bem dentro de ti!
E tu soltas um grito ruidoso e chegas a um momento tão intenso que não aguentas mais.
Vens-te desalmadamente e cavalgas numa foda que te enche de orgulho.
Eu sentindo aqueles movimentos bem dentro de ti.
Vejo-te contorcer de prazer...
- Quero dar-te o meu desejo, o meu tesão e a minha explosão.
- Quero-me esporrar todo para ti
E tu abanas a cabeça que sim!
- Mostra-me onde gostavas de receber todo o meu néctar.
E tu abres a tua boca e beijas-me com toda a tua força e desces ate ao meu membro quente e duro.
Começas a chupa-lo...
Vai ficando cada vez mais quente! Mais quente!!!
Vejo os teus mamilos ficarem durissimos!
Pedes-me:
- Quero saborear o teu tesão, o teu desejo.
- Enche-me a boca de leite, anda dá-me.
E num instante engoles-o todo.
A tua língua faz pequenos círculos, o que provoca um desejo sem descrição, alternando entre o chupares e o lamberes.
Não aguento mais e sai de mim tudo aquilo que me provocaste num jacto quente e húmido de prazer bem dentro da tua boca
Eu digo-te:
Põe-o bem dentro de ti.
E tu montas-me e naquela fracção de segundos como que o tempo pára e só nós dois existimos.
Um momento de penetração intenso que nos vimos os dois!

2 comentários: