Blue Eyes

Blue Eyes

segunda-feira, 7 de março de 2016

Dentro de mim

Queria senti-lo bem dentro de mim.
Com aquela intensidade que sempre me habituou.
Dei-lhe um beijo na boca. Ajudei-o a despir.
Eu estava muito molhada e cheia de tesão. Não queria me masturbar, eu queria foder.
Precisava de foder. 
Inclinei-me sobre ele e comecei a fazer-lhe um broche lento.
Magia!!!!
O desejo caiu todo naquele pau fazendo-o endurecer como eu tanto gosto. Crescia e engrossava.
Lindooooooooo.
Puxou-me para ele e começou a fazer-me um minete de sonho enquanto eu o mamava.
Começou a dar sinais que se viria, e eu chupava muito aquela cabecinha.
Numa contracção fortíssima encheu-me a boca de jactos quentes de leitinho.
Não estava satisfeita e ele sabia disso.
Recuperou por um momento, começou a lamber a minha cona e o buraquinho do meu cu...
Dois dedos começaram a penetrar no meu cu, sem esperar muito pôs-me de quatro com o cu bem espetado para ele e começou lentamente a roçar o caralho.
Prazer indescritível...
Batia com o caralho nas minhas nádegas. 
Gritei:
- Amor enche-me a cona com esse caralho.
Senti o caralho ir ao fundo, deu-me fortes estocadas durante largos minutos, ali de quatro, como uma cadela, a receber aquele caralho dentro de mim.
Não demorou muito até ele se esporrar todo...
Tinha leite em todos os meu buracos...
Levantei-me e limpei-lhe o pau com os meu lábios .
Que noite ….

1 comentário: